segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

então não é que...

... eles querem que eu seja madrinha da filha deles? madrinha da minha sobrinha?

há sempre uma primeira vez para tudo.

babei! muito!


domingo, 29 de janeiro de 2017

é verdade que também não tenho andado muito por aqui...


parece que hoje é o dia. penso que é mesmo uma decisão irrevogável (mas não como a do outro!), tendo em conta uma conversa que tivemos há umas semanas.

mas será mesmo??

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

...

depois de ter tido indicação para alta... decidiu que estava na hora...

25 de janeiro: com 32 anos de diferença, perdi o meu avô paterno e a minha avó materna...


segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

do hospital onde a minha avó está internada

no primeiro dia que lá fui, calhou ir à casa-de-banho. certo... tem saboneteira, mas sabonete nem vê-lo...

à entrada do serviço onde ela está, diálogo entre agri-mãe, agri e agri-mano mais novo:
- olha lá, mas não há aqui nada para desinfetar as mãos?
- huuummm... não vejo.
- deixa lá, já as lavei sem sabonete...
- pois, também eu.

entramos no quarto e lá estava o álcool-gel. os três a desinfetar as mãos.

ontem passei lá mais tempo. fui a duas casas-de-banho diferentes: nada de sabonete. em ambas.

engraçado que no site do dito hospital têm um separador com este nome "Lave as mãos!".

tanto germe a passear!

e o site que não tem formulário de sugestões...

sábado, 21 de janeiro de 2017

coisas várias de 2017

está frio. sim, estamos em janeiro. qual é o espanto? 

lençóis polares?! nem pensar. com lençóis de algodão e pijama de algodão acordo, algumas noites, com calor... não vivo propriamente no Pólo Norte. mas acho piada à malta de Lisboa a queixar-se do frio.

hospital de Vila Franca de Xira: a cafetaria é cara, o estacionamento idem. aparentemente, tem boas condições. felizmente, depois do susto de há uns dias, que nos fez voar para lá, que nos fez pensar no pior, as coisas acalmaram. avó a melhorar. finalmente descobriram o que tem. amanhã mais uma pista, mais uma volta pela a1 fora. uma pista para baixo, outra para cima. 

e mais uns dias a gerir a vida e esta distância.

de resto está tudo bem.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

dos amigos secretos

há um grupo restrito de pessoas com quem me dou melhor lá na Escola. é assim em todos os lados.

ontem fizemos o nosso jantar de natal. 

no sorteio do amigo secreto saiu-me ela, a pessoa com quem me dou melhor, a que, além de colega, é mesmo amiga. aliás, é ela a companhia para Barcelona. :) 

o mais delicioso destas semanas de pistas e surpresas para o amigo secreto,  é que nunca desconfiou de mim. nunca. ontem, já no jantar, continuava a insistir numa outra colega nossa.

até lhe vieram as lágrimas aos olhos quando me virei para ela, de prenda na mão, e disse "como é que tu nunca desconfiaste de mim?". as pistas estavam todas lá, mas foi bem despistada! 

valeu a pena, isto do amigo secreto. há laços reforçados. há amizade, além do trabalho.