sexta-feira, 29 de junho de 2012

segunda-feira, 25 de junho de 2012

já passou...

... pronto!

Já estou mais calma.

deixem-me trabalhar em paz!!

Puta que pariu a merda das aplicações daqueles gajos.

Tinha tudo ok! Ah, afinal não! Com esta versão dá mais erros.

Foda-se. Esta merda é erros atrás de erros, versão após versão.

Será que aqueles cabrões não conseguem fazer o trabalho deles como deve ser e eu (e mais uns milhares) tenho sempre este stress quando é para enviar uma merda de uma declaração?

Graças ao meu trabalho, pinga todos os meses dinheiro na vossa conta. E nem uma merda de uma aplicação disponibilizam a tempo e horas?! Todos para o raio que vos parta.

Já agora... Podem entrar em manutenção no Portal?! Assim fica o ramalhete completo.



p.s.: sim, passei-me.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

vida complicada

Conheço 4 pessoas que olham para isto e ficam desesperadas...


Comentários:
- Não consigo estar em dois palcos ao mesmo tempo!!!
- Lá se vai Mazzy Star, que tenho de ver bem Radiohead e assegurar lugar!
- Lisa Hannigan é mesmo a uma hora fixe!!
- A noite de sábado vai ser longa!
- A malta vai aguentar!
- Andar a correr de palco em palco é como estar sempre a mudar a estação de rádio!
- Não se ouve uma merda, não é?

É isto... Na vida há que estabelecer prioridades. No Alive, também!

'tá quase...

hoje, 19:45

No domingo a coisa correu bem.

Ficou logo combinado: quinta, à mesma hora, no mesmo sítio.

Não quero depressão nacional amanhã!!

terça-feira, 19 de junho de 2012

agridoce sem jeito

Hoje deixaram-me sem jeito, assim para o envergonhada...

A minha orientadora esteve fora a dar aulas. Hoje encontrámo-nos, essencialmente, para pôr a conversa em dia.

Porque nestes meses tratei de uns assuntos dela, ouço agora um tic tac aqui no quarto...

...

E depois ainda ouço isto: "não escreveste uma única linha nestes meses e ela dá-te um swatch?"

Pois, parece que sim. Nunca a enganei... É que fiquei mesmo sem jeito. Não estava à espera!

que alguém fique a trabalhar para sustentar o país que eu...

... vou ali ter a certeza que o quistinho já era!

E depois vou encontrar-me com a minha orientadora... 4 meses depois, olhos nos olhos. Dizer o que ela já sabe. E definir um plano de ataque!!

:p

J.

Faço minhas estas palavras...

segunda-feira, 18 de junho de 2012

eu # 2

Faz uns longos meses que não parto a louça toda...

Just in case: se vieres a perguntar se é uma ameça ou uma promessa, não vou responder. Porque ontem respondi "é uma promessa" e como o sono era tanto, já não sei o que prometi... Mas há qualquer coisa que me diz que tinha a ver com a louça.

eu

Às vezes, páro, olho para o calendário e a puta da memória traz-me cada coisa...

Há um ano, a minha vida estava num nó gigante, já tinha partido parte da louça e estava prestes a partir o resto... e fui enfiar-me no casamento de uma amiga.

Há um ano, fui suficientemente _______________ (ainda estou à procura do adjectivo) para isto...

Às vezes páro e penso que, decididamente, só posso ser doida!

domingo, 17 de junho de 2012

dos amigos e dos filhos dos amigos #3

Sexta à noite, agridoce descansadinha da vida com o puto mais lindo cá da terra e arredores ao colo.

Quando dá conta, está a mudar a fralda ao puto, com orientações da mãe.

agridoce só perguntou: "olha lá, em que livro é que aprendeste a fazer isto?"

Gaja, por este andar, quando a mini gaja nascer já domino a cena!!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

das pessoas

Algumas coisas que me passam pela cabeça quando leio um certo blog (ordem completamente aleatória) e respectivos comentários:

- Neste país tem tudo baixa auto-estima ou nenhuma?
- Há muitos santos e poucos pecadores...
- O pessoal está sempre pronto a atirar pedras.
- Opinar sobre a vida dos outros, só por meia dúzia de linhas, é tão fácil.
- Tanto preconceito.
- Isto podia ter sido eu a escrever.
- Tão verdade! Já senti o mesmo.
- Ganda maluco, aquele gajo que comentou!
- Afinal, ainda há pessoal que leva a vida na descontração.
- Há pessoal que quando comenta devia ler em voz alta o que escreve para se ouvir. Só pode.

Pronto! Era isto...

quinta-feira, 14 de junho de 2012

homens #2

Ao telefone, com quem está do lado de lá  a olhar para a televisão:

"Ao menos que pusessem umas gajas a mostrar as mamas!", a propósito de um anúncio.

Todos iguais. Todos com a mesma tara ou fetiche com as mamas.

Gajos, já que se ofereceram, expliquem-me!  A valer 3 natas: uma para cada um de vocês e a outra para mim, claro!!

quarta-feira, 13 de junho de 2012

hoje, 17h

Quem, mas quem é que se lembrou de marcar uma cena profissional para esta hora?!

Eu...

Azar que não foi com um gajo, porque se fosse tinha dito logo " Ah e tal, mas a essa hora é o jogo..."
Lá se vai a selecção.

dos amigos e dos filhos dos amigos #2

A.:
A tua gravidez não foi nada fácil...
Primeiro ainda ouvi dizer que devia ser um problema qualquer de uma hérnia... Definição estranha para gravidez. (Correcção: úlcera, não era hérnia!)
A tua mãe passou nove meses com a sua melhor amiga da altura, sempre com enjoos, até ao fim. Foi internada não sei quantas vezes, uma delas em isolamento com cenas dignas de filmes de terror (fiquei a saber que há termómetros que funcionam apontando-os para a testa do doente).

Pelo meio foste a umas aulas chatas para caramba, em que os colegas da tua mãe quase faziam apostas, numa tentativa de adivinhar o próximo internamento. Mas foi difícil superar aquela coisa que ela inventou, que a meteu isolada do mundo, num qualquer hospital!

Explica-me, míuda... Como é que é possível já ter passado um ano? Assim não dá!

Espero bem que logo estejas bem disposta e animada! Já agora, lembra a tua mãe que tem de haver champomi!!! ;) :D Não te preocupes que ela percebe!!

Beijo grande de parabéns!!

p.s.: Espero bem que não me aconteça nada daqui até tua casa. Com quem é que depois a tua mãe toma cafés ao fim do dia de trabalho?!



terça-feira, 12 de junho de 2012

homens

Quando ficam doentes...

Todos iguais, Geri!

:D :D

dos amigos e dos filhos dos amigos

Nos últimos tempos, à minha volta é só grávidas e crianças a nascer.

É muito bom olhar para o meu amigo de sempre e vê-lo com um puto nos braços, lindo, lourinho, de olho azul, como o pai. Vai partir corações. E olhar para ela e ver a felicidade estampada na sua cara.  E receber visitas deste sobrinho emprestado aqui no escritório!

É tranquilo ler sms depois de amniocentese e saber que está tudo bem e que é mais um mini gajo a caminho! E ouvi-la falar do stress inicial da gravidez, mas vê-la serena e feliz!

É... estranho, mas bom, muito bom, entrar num quarto e vê-lo a preparar-se para a mini-gaja. É estranho vê-la com uma barriga muito enorme! Mas bom! É giro olhar para ela e rir da situação! E ouvir que todas as bocas irão virar-se contra mim, um dia. Assim como que uma conspiração! Foi bom estar com ela quando foi comprada a primeira roupinha da mini gaja. Abrir as gavetas e ver as roupinhas... O berço. Saber que foi, provavelmente, a última vez que estivemos as duas, com horas pela frente para conversar, passear, dormir, almoçar à hora do lanche, sem horários. Que da próxima o mais certo é vermo-nos na maternidade. Ameaçá-lo que quero um telefonema, nem que seja de madrugada! E ouvi-lo dizer que sabe muito bem que tem me de ligar, que estou na lista dos telefonemas importantes. Ouvi-la falar do horário das visitas e dizer sem rodeios "Tens noção que eu venho logo e que me estou borrifando se queres ou não visitas?" e ela responder, sem dúvidas, sem pestanejar "Tenho!".

A minha melhor amiga está prestes a ser mãe e eu estou feliz por eles!

E o que eu tenho aprendido nos últimos meses sobre gravidez, parto, amamentação and so on?! Diria que a teoria já a tenho toda. Menos, gaja, menos... Porque já sei o que te está a passar pela cabeça!

terça-feira, 5 de junho de 2012

vontade

A minha vontade de trabalhar é inversa à vontade que tenho de fazer nada...

sexta-feira, 1 de junho de 2012

feliz dia!

E porque hoje é dia da criança e todos temos uma criança dentro de nós...

Feliz dia!!!

:D