quarta-feira, 13 de junho de 2012

dos amigos e dos filhos dos amigos #2

A.:
A tua gravidez não foi nada fácil...
Primeiro ainda ouvi dizer que devia ser um problema qualquer de uma hérnia... Definição estranha para gravidez. (Correcção: úlcera, não era hérnia!)
A tua mãe passou nove meses com a sua melhor amiga da altura, sempre com enjoos, até ao fim. Foi internada não sei quantas vezes, uma delas em isolamento com cenas dignas de filmes de terror (fiquei a saber que há termómetros que funcionam apontando-os para a testa do doente).

Pelo meio foste a umas aulas chatas para caramba, em que os colegas da tua mãe quase faziam apostas, numa tentativa de adivinhar o próximo internamento. Mas foi difícil superar aquela coisa que ela inventou, que a meteu isolada do mundo, num qualquer hospital!

Explica-me, míuda... Como é que é possível já ter passado um ano? Assim não dá!

Espero bem que logo estejas bem disposta e animada! Já agora, lembra a tua mãe que tem de haver champomi!!! ;) :D Não te preocupes que ela percebe!!

Beijo grande de parabéns!!

p.s.: Espero bem que não me aconteça nada daqui até tua casa. Com quem é que depois a tua mãe toma cafés ao fim do dia de trabalho?!



Sem comentários:

Enviar um comentário

Cenas que te passaram pela cabeça, quando leste as minhas cenas!!