quarta-feira, 29 de agosto de 2012

este post é uma provocação para o Confuskos!

Hoje cheguei a casa e encontrei isto:


Sabes de onde são, Confuskos?! ;)

Vamos lá ver se, depois disto, dás notícias!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

o gajo deu cabo de mim... #2

G., 6 meses, aflito das gengivas...

Às vezes lembra-se de nos dar umas valentes queixadas. A mãe ficou contente porque, finalmente, mais alguém ficava com negras! E ficou provado que é mesmo verdade. O puto tem força...

gémeos

Dizem que as pessoas do signo gémeos têm dupla personalidade...

Pois que eu tenho, pelo menos, três: sou a agridoce e a S. E lá pelo meio ainda sou outra S. E já pensei que, mais cedo ou mais tarde, terei uma crise existencial!

Não perceberam? Não faz mal. Eu sei que alguém perceberá o que eu quero dizer!

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

sabes que és despistada quando...

Olhas para a mão direita e dás pela falta do anel que usas diariamente.

Todos os dias é isto. Tenho-o desde dezembro e, não sei como, ainda não o perdi. Sobreviveu ao Alive, até.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

o gajo deu cabo de mim...

Apresento-vos o meu ombro esquerdo...


Estão a ver a nódoa negra? Está pior agora.
O cinto do carro a bater ali? Uma dorzinha...

Eu posso ter ficado com uma negra, mas ele gostou!!

Alguma ideia desse lado? ;)

Do assunto do dia

Está tudo preocupado porque aquele grupo que tem descontos de janeiro a janeiro quer reduzir custos...

Qual é o objectivo de qualquer empresa? Maximizar o lucro. Será assim uma coisa tão rídicula, querer reduzir custos? Não será o que todos tentamos fazer: onde é que podemos cortar? Não, não acho rídiculo.

E a conversa da Holanda não é para aqui chamada. Nada de ilegal, nada que muitas outras (não vou dizer todas porque agora não tenho a certeza e não me apetece ir confirmar) do PSI 20 também não tenham feito.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

recado

Querido Jack:

Beijo*meigo e doce!

agridoce

eu tenho medo de mim...

Há um ano por esta altura, nuns dias loucos, mesmo muito loucos, que meteram um jantar de verão que acabou às dez da manhã, eu, em modo muito ressabiado, fodida com a vida e com um mau feitio daqueles, disse que a uma certa pessoa deveriam acontecer duas coisas...

Dias depois, envio uma sms a dizer que uma das coisas já tinha acontecido. A resposta foi "Foda-se... Ai se a outra tb acontece..." A propósito da praga n.º 2, avisaram-me para ter cuidado que podia virar-se contra mim! Pois que não virou! ;)

Há umas semanas, também em modo muito mau feitio, disse a alguém que esperava que uma determinada viagem corresse mal, assim com carros avariados, quatro pneus furados... Soube mais tarde que, debaixo de um calor brutal, o ar condicionado avariou.

Estou farta de rogar pragas, mas não há maneira de os senhores do euromilhões acertarem nos meus números!



esqueçam lá a pausa no blog!

Mesmo que eu esteja ressabiada com a vida, o certo é que ela vai acontecendo e lá me vou lembrando de coisas para partilhar.

Estamos mais ou menos em modo pausa.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

homens

Da saga "os homens são todos iguais", nas últimas semanas admiti que os agridoces júniores não são diferentes.

São todos farinha do mesmo saco, incluindo agridoce júnior 1 e agridoce júnior 2! Não é por serem meus irmãos que são diferentes.

Falhei como irmã? Claro que não!!! Não somos apenas fruto da educação que a nossa família nos deu.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

pausa

Porque preciso de parar e pensar na minha vida, porque ando sem inspiração, porque me apetece... porque não sei muito bem... O blog vai ficar em modo pause durante uns dias. Assim, enquanto me apetecer. Até me pode apetecer já amanhã. Não sei...

Basicamente, estou em modo fodida com a vida... Ou, então, estou em modo António Variações (versão Humanos, pronto!)




quinta-feira, 2 de agosto de 2012

agridoce e o carro

A saga continua...

Pois que o motor do meu carro precisa de ser reparado. Se tudo correr bem, mil euritos chegam.

...
...
...
...
...
...

"Podes andar com o carro assim, porque, tirando isto o motor está bom. Tens é de andar sempre a controlar o nível de óleo. Ah! E se calhar aquilo do turbo já foi disto."

Está-se mesmo a ver qual foi a solução escolhida.

Sim, as reticências são as asneiras todas que disse mentalmente. Ainda perguntei ao mecânico se me arranjava uma máquina para eu partir o carro, não que fosse resolver grande coisa.  Aliviava o stress...