sexta-feira, 28 de setembro de 2012

...

E quando depois de um beijo te metes no teu carro, vais à tua vida, mas só te apetece voltar atrás e dizer: "Não vás! Fica comigo!"...

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

facto

O que deves pensar não é "Mas como é que eu casei com aquele gajo?", mas sim "Ainda bem que assinei os papéis do divórcio!"

Autoria da melhor amiga

terça-feira, 18 de setembro de 2012

disto dos blogs

Há uns anos, acompanhava um certo blog. De repente, a dona deixou de postar. E mesmo não a conhecendo, mas porque fui trocando uns comentários com ela, fiquei assim com um estranho sentimento de, sei lá, vazio?

Agora, outro blogger também deixou de dar notícias e nem comenta noutros blogs.

Ó gajo, dá notícias. Eu pago-te pasteis de nata de cada vez que aqui passares, se for preciso.

carro da agridoce vs carro do padre cá da terriola

É preciso ter sorte!!
O carro do padre é igual ao meu. A matrícula do dele é, suponham, 00-00-ZZ. A minha é 00-07-ZZ.

O meu pai já disse adeus ao padre e ficou ofendido por eu não lhe ter dito adeus. Pois, era o padre, não era eu! Um amigo meu ficou muito espantando por ver o padre a ir para o ginásio. Uma amiga minha já me ligou (no gozo!) a perguntar por que é que o meu carro estava estacionado à porta dela. Admira-me que ainda ninguém me tenha dito que agora vou à missa todos os domingos. Ou por que é que estaciono o carro no lugar que diz padre. Um dia destes, experimento. Só naquela para ver se a GNR está atenta!

Para além da matrícula, o carro do padre é um bocadinho mais escuro do que o meu e não lhe faltam 4 tampões! Tem jantes de liga leve. Isto salta aos olhos de qualquer mortal!!!

Hoje ao sair do carro, vejo um senhor cá da terra muito espantado a olhar para o raio do carro. Vira-se para mim e:

"Ó agridoce, comprou o carro ao padre?!"



quinta-feira, 13 de setembro de 2012

acho que fui cravada

Depois do último post, aconteceu um certo telefonema... Parece-me que lá pelo meio me convocaram para, no próximo sábado de manhã, tomar conta de uma criança de 2 meses.

Querem ver que ainda vou descobrir alguma vocação escondida?!

G.

Voluntariei-me para tomar conta do pirralho. Hoje, entre as 18 e as 19h, ou a coisa corre bem ou a terriola vem abaixo!!
 
agridoce mãe perguntou se arranjei um part time! Nunca se sabe!!
 

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

eu #4

Continuo a ouvir cenas destas:

"Bolas, já tinha saudades desta agridoce!"

"Finalmente, temos a agridoce de volta!"

"Quem te viu e quem te vê!".

"Esta é a agridoce que eu sempre conheci!"

Reconheço que passei uns anos da minha vida assim um bocado para o contida...

terça-feira, 11 de setembro de 2012

já te ligo!

Admito: a paciência não é o meu forte!

Depois de um "já te ligo", que teimava em não acontecer, tratei de pôr isto num email (o negrito é da minha autoria):


"Na Infopedia:
 

 
advérbio

1. neste instante, imediatamente, agora mesmo, sem demora
 

2. antes, anteriormente, nesse tempo
 

3. antecipadamente, de antemão, previamente
 

4. naquele momento, naquela ocasião, nessa ocasião
 

5. neste momento, nesta ocasião, agora."

E como o destino é do caraças, estava eu quase a carregar no enviar e o telemóvel começou a tocar.

Se guardei o mail para outro "já te ligo"? Claro que não!!!

crente, eu!

Parace que hoje vão ser anunciadas mais medidas de austeridade...

É hoje que vão anunciar que vão começar a atacar do lado da despesa.

Ou virá mais uma machadada?!

domingo, 9 de setembro de 2012

domingo

Podia ser um domingo como outro qualquer... Levantar tarde, desafiar alguém e praia. Tentar não pensar nos 18% de segurança social, no efeito "bola de neve"... and so on.
 
Mas não... Hoje levantei-me e saí de casa para ir ao funeral do pai de uma amiga dos tempos da escola. E dei por mim, sentada lá na igreja, a pensar no quão frágeis somos. No nada que somos, mas que achamos que sim. No difícil que terá sido para ela estar ali sozinha com a mãe. No bom que é ter dois irmãos, porque um dia também nós iremos passar por isto. Espero que seja daqui a muitos anos. Dar por mim a pensar que o pai dela só tinha mais 4 anos que o meu e que a puta da doença o levou em 6 meses.
 
E na correria dos dias, acabamos sempre por esquecer que, de facto, somos nada neste universo.
 
 

terça-feira, 4 de setembro de 2012

jack #2

E o jeito que dá o Jack ter o mesmo nome que o agridoce júnior 1?!
 
Hoje chamei "Jack" ao agridoce júnior 2 e ele nem se queixou! Normal!
 
O que ele não sabe é que não estava a pensar no irmão dele, mas no outro Jack. E foi por causa destas confusões, de às vezes ficarem a olhar para mim e "mas o teu irmão?!" que surgiu o nickname! Isso e por causa de outras bocas!! :D

sábado, 1 de setembro de 2012

coisas parvas

Esta semana lembrei-me disto...

Quando andava na universidade, deslocava-me de comboio. Tinha a ideia estúpida que tinha de ir sempre na última carruagem. Porquê? Porque se alguém se enganasse e houvesse um choque entre comboios, a primeira carruagem era a primeira a levar...

Claro que havia sempre a hipótese de um descarrilamento. E na minha cabeça, o filme fazia-se com a última carruagem a ser a primeira a descarrilar...

Entre o choque frontal e o descarrilamento, optava pelo descarrilamento... Já naquela altura eu não jogava com o baralho todo. Nada de novo, portanto!