segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

está uma gaja sossegada no sofá, numa noite de chuva...

agri-júnior 2 telefona-me. Faz-me uma pergunta e diz "Se tiveres, traz para cá amanhã.".

Isto nem tem nada de mal se eu não tivesse de me levantar do sofá, calçar-me, vestir um casaco, sair de casa e ir à garagem...

Deixar para amanhã? Sou gaja para me esquecer...

não se pode estragar...

Sobrou do jantar de ontem... As primas não deram conta da garrafa. Como uma delas ia conduzir, a outra foi solidária.
Hoje, ao jantar, a prima solidária lembrou-se...



quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

em 2013 foi assim...

... passei a ser a única proprietária de uma casa. Basicamente, endividei-me a 100% e deixei de o estar a 50%.
... acabei a tese. 
... levei pancada na defesa da tese, de todos os lados e mais alguns. Aguentei-me sem pestanejar.
... aos poucos fui trazendo coisas para esta casa. Melhor: voltei a trazer tudo para esta casa.
... um dia ganhei coragem, peguei numa mochila e disse à minha mãe que vinha dormir cá. Nunca mais voltei a dormir em casa dos meus pais. Pronto... Dormi na noite de natal! :p
... senti que o passado não vive neste casa. Apenas o presente e o futuro.
... não fui a nenhum dos festivais de verão.
... mas fui ao Caixa Alfama.
... troquei de carro, sem contar isso. Não comprei o carro dos meus sonhos, tomei uma decisão racional e estou satisfeita com o meu preto mágico.
... voltei a ter o coração partido em mil pedaços. Sobrevivi, claro!
... ouvi isto ao vivo.
... decidi umas férias numa noite, acompanhada de uma garrafa de licor Beirão e da minha sempre amiga M. Em menos de duas horas, tudo decidido: destino, datas, viagem, estadia.
... nem sempre consegui cumprir a vontade de todos os meses estar com a mini gaja, sobrinha de coração.
...surpreendi muita gente ali com as primeiras linhas: viver sozinha, numa casa que um dia foi palco de uma vida de casada.
... descobri que continuam a referir-se a mim como "a minha cunhada"... Muito estranho.
... sofri um golpe muito duro 3 dias antes das férias ali de cima. O que foi bom. A distância ajudou.
... sobrevivi à primeira grande inspeção (tributária) de um cliente! Eu e ele, claro! Sou mesmo boa, pá!
... depois de a vida ter dado voltas e reviravoltas, estive no casamento de dois amigos dos tempos do secundário.
... voltei a descer o rio, num dia de calor insuportável em agosto.
... decidi que estava na altura de ver quanto tempo aguento sozinha a lidar com as minhas coisas, com os meus filmes e dramas, com a minha vida.
... decidi experimentar lentes de contacto.
... deixei caixotes por arrumar.
... voltei a sentir borboletas, a ter um sorriso parvo... enfim!
... assisti a uma queda numas escadas rolantes, digna de cena de filme! Com um trolley sempre a amparar a queda de alguém e com duas pessoas à gargalhada! Se vissem também riam, aposto!
... passeei de barco no rio Vltava, andei nas catacumbas de Praga só com umas lanternas piores que a app do meu telemóvel e muito mais.
... o meu blog passou a ter mais seguidores, mais visitas.

... e tantas outras coisas, mas, como dizem os outros, há uma linha que separa o blog da minha vida.

O:) #17


O:) #16


quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

parece que já passou o natal...

Choveu que foi coisa má... Caíram calhaus de granizo. Acordei com dor de garganta e nariz entupido... Estou com uma ligeira dor no ouvido direito. 

Em casa de agri-pais tudo tranquilo e calmo. Quase um almoço de domingo, com todos juntos, mas com muitos doces na mesa!

Fui com agri-júnior 1 assistir ao concerto de natal dado pela Orquestra Ligeira da Filarmónica lá do sítio. Num concelho tão pequeno e tanta gente nova! Fiquei surpreendida. Só hoje estrearam-se, em público, 11 elementos.

Acho que estou mesmo constipada...

O melhor da noite de natal: a prima mais nova e a emoção da prendas! A prima que emigrou para Moçambique estar cá, connosco!

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

não se explica, sente-se

Ontem, 150 km para cada lado.

Abraços e festinhas da sobrinha de coração, abraços da mãe dela.

Meia dúzia de palavras sobre o que vai no coração e na cabeça. Silêncios...

Ter sabido a pouco, mas ter a certeza que o valor acrescentado foi enorme!

domingo, 15 de dezembro de 2013

ironia

Mudando ali aquela primeira frase, realmente parece mais fácil arranjar um unicórnio, do que conseguir que determinado acontecimento surja... 



alguma vez levaram com o cano do aspirador no nariz?

Eu já...

Não sei como aquilo aconteceu. Só sei que queria separar o cano para limpar a escova. E de repente vi estrelas...

Decididamente eu não nasci para dona de casa!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

cenas

Tenho um amigo que oficialmente vai passar o fim de semana a Lisboa.
 
Esse mesmo amigo já aterrou numa capital europeia e enviou-me sms a dizer que tinha chegado bem. Respondi: "tem cuidado que essa malta de Lisboa é meio louca!"*
 
O que aconteceu a seguir?
 
"De Lisboa?"
 
"Mas eu tenho de explicar tudo?!"
 
 
 
* sem qualquer tipo de ofensa, tá?
 

há 11 anos

Era sexta feira 13, também.

Foi o exame da cadeira que faltava para acabar o curso...

11 anos?! wtf!!!

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

sábado, 7 de dezembro de 2013

qual a probabilidade de... #2

Quinta feira, 11 da manhã, triagem e... pulseira verde.

Sexta feira, 9 da noite, triagem e... pulseira amarela.

Sábado, quase dez da noite... Tudo tranquilo!


quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

o mundo está mais pobre


qual a probabilidade de...

... eu e a gaja do holter sermos reencaminhadas, as duas, no mesmo dia, com 40 minutos de diferença, para o mesmo hospital central?

...nos encontrarmos lá e estarmos as duas a fazer tempo?

...estarmos prontas a sair com 5 minutos de diferença?

... o júnior 2 também ter ido fazer uma visita ao centro de saúde?

Resultados finais:
- uma com consulta marcada para mais exames;
- outra que provavelmente foi bruta a tirar uma lente de contacto e tem uma hemorragia no olho ("Não se preocupe com isso!")
- outro a antibiótico e enfiado na cama.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

se fosses minha irmã, não era assim

Já lá vão uns quantos anos que nos conhecemos. Já choramos e rimos uma da outra e uma com a outra. Conseguimos sentir o que se passa, bastando uma palavra que (não) se diz. Muitas vezes uma está a pensar na outra e um telefone toca. Alturas houve em que estivemos meses sem nos vermos, mas parecia ter sido sempre ontem a última vez. 

Dá-me na cabeça como mais ninguém, mas é a única a ter esse privilégio. É a única que me atira à cara aquilo que eu estou farta de saber, que o diz sem floreados e sem rodeios. Que me diz a verdade nua e crua. E a quem eu de lágrimas nos olhos já respondi "Mas tu estás a ouvir o que me estás a dizer? ". E por muito que custe ouvi-la dizer certas coisas, esse é mesmo o papel dela. Já vimos tantas mudanças na vida uma da outra... Já passámos por coisas que nunca pensámos que elas iam acontecer. Percebemos as duas, na mesma altura, que somos muito mais fortes do que pensamos. Que somos porto de abrigo uma da outra.

Amanhã é o dia dela. E não vamos estar juntas, porque a vida é mesmo assim. Nunca a distância física abalou a nossa amizade. E se nos aturamos há 15 anos, não me parece que agora, gajas adultas e responsáveis, nos dê uma parvoíce qualquer e vá cada uma para seu lado. 

Gaja, não sei se ainda cá vens, mas se deres com os olhos nisto, o recado é este: gosto mesmo muito de ti! 




revisão do indexante

Gosto quando o banco me envia, de 3 em 3 meses, uma carta com aquele assunto.
 
Mas gosto assim mesmo muito quando sei que a revisão do indexante significa pagar menos. Como sou uma gaja atenta a essas coisas, sei quase sempre o que me vai acontecer.
 
Se da outra vez paguei 4 cêntimos de gás, desta a prestação da casa desceu a fantástica quantia de... Que eu nem sei o que vou fazer com tanto dinheiro... 13 cêntimos.
 
 
Sim, recebi uma fatura de 4 cêntimos de gás! Não dei a leitura um mês e os gajos aproveitaram. No mês seguinte, a conta estava quase paga.

sábado, 30 de novembro de 2013

fui obrigada

Estou no escritório... Foi obrigada a vir para ajudar a resolver um problema urgente.

Como estava a ficar com a neura, fui mandar cafeína para dentro e trouxe companhia, que já devorei. Ao tempo que não comia isto:

Ainda tinha uma barrinha...

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

decisões

Até ao fim do ano, não vai haver qualquer vestígio de mudanças naquela casa.
 
Sim, de 2013.
 
Claro que ainda tenho coisas encaixotadas. Só passaram (quase) oito meses, eu sou só uma e os caixotes eram mais do que muitos...

O:) #13


terça-feira, 26 de novembro de 2013

eu sou uma nadinha diferente

 
Quando é um corte radical, significa que a minha vida já mudou. De certa forma, a mudança funciona como corte com o passado...

domingo, 24 de novembro de 2013

e não é que...

Às vezes também me dá para ler cenas destas...

E não é que eu já vi alguns filmes daqueles?!

notas de um fim de semana de novembro

Para variar, o pequeno almoço foi à hora do almoço. O almoço quase à hora do lanche.

Nota mental: não voltar a pôr os pés num centro comercial, durante o fim de semana e até passar a loucura consumista do natal. Muito menos naquela loja que estava virada do avesso, que começa por Pri e acaba em mark. Eu só queria ver os pijamas... Fugi de lá! Sério. E para sair do parque de estacionamento? Mais de 20 minutos... 

O hamburger com bolo do caco... Não vale a pena.

Daqui a uns dias tenho um jantar de natal. Sorteamos a pessoa a quem comprar presente. Decidimos que seria uma prenda simbólica, por isso limite a gastar 5€. A mim calhou-me um gajo. Aceito sugestões de prenda para gajo... Estou lixada, digo eu!

Parece que hoje a mínima para estes lados é de 3º... Está frio ou é só impressão minha?!




quinta-feira, 21 de novembro de 2013

agri

coisinha
despistada
curiosa
bitch
safadinha
confusões
despercebida
duvidosa
racional
docinha

Assim, de repente, os meus queridos amigos bloggers já me chamaram muita coisa.
E depois acham estranho eu ter problemas existenciais...

O:) #10


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

31 de maio de 2014

Como é que só agora é que eu percebi que os Arcade Fire vêm ao Rock in Rio?

A menina faz anos em maio, o natal é daqui a um mês... 

Alguém?!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

liguei a televisão aos 62 minutos

Pensei mudar de canal pouco depois... Olhei para o relógio e não mudei nada de canal!

Gritei que nem uma doida. Se dúvidas havia, os vizinhos deixaram de as ter!

E agora sr. Blatter?! Contentinho?!


O:) #9

Um dia, de encontro marcado para mais tarde, enviei uma mms... 


No fim da noite: "Eu avisei!"



segunda-feira, 18 de novembro de 2013

domingo, 17 de novembro de 2013

O:) #8


monday

Depois de (mais) um fim de semana de convívio, amanhã, segunda feira, formação das 9 às 18 horas.



e ficou assim...


Bolinho de chocolate, com cobertura de chocolate e coco.

acho que foi isto que (me) aconteceu...

"Cruzamos o olhar
Num momento tão difícil para explicar
Perdi-me na razão
Não posso entender
Não quero entender senão
Falta-me o ar
Suspiros de emoção prendem-me o respirar"

agri-pasteleira

Desde que voltei a este lar, o forno ainda não tinha cozido um bolo.

Espero que isto corra bem! É para levar para casa de uns amigos.

Mais logo, fotografias. Ou não. Depende se me derem tempo.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

com a mania de aspirar a casa...

... ia-me matando. Esqueci-me que o aspirador estava no meio do caminho. Era um tralho lindo de ser ver e eu sozinha.

Mas eu faço a festa, atiro os foguetes e apanho as canas. Não consigo parar de rir. Não sei como, mas o ombro esquerdo está a doer-me.

Mania das limpezas, pá.

cupido

"Já me começas a conhecer como ninguém..
Amor, paixão seja o que for
Adoro, sentir o teu calor"

O:) #4


sexta-feira, 8 de novembro de 2013

o doodle de hoje

Continuo a ver cenas esquisitas... Mas já aparecerem imagens das quais me recordo perfeitamente e que me continuam a parecer exatamente a mesma coisa. E já dei por mim a olhar para outras e a ver as coisas de outra perspetiva...
 
Mas os pulmões, pá, os pulmões continuam a aparecer. E o continente africano.
 
Devo andar pior, de certeza.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

campus de santiago

Ando com saudades... Já digo há uma série de meses que quando for lá, vou matar saudades. Ainda não foi desta.
Saudades de estar na biblioteca, olhar para a ria e ver o pôr do sol...


às vezes tem de ser


terça-feira, 5 de novembro de 2013

isto inquieta-me tanto, mas tanto...

E o dia de hoje começou em sobressalto...

Ler, ouvir estas notícias deixa-nos de coração nas mãos. Manter a calma, respirar fundo...

O raça da cachopa que havia de ter espírito aventureiro e empreendedor e mandar-se para lá.

Para não gerar confusão: não conheço a pessoa em causa, mas uma das minhas primas vive/trabalha em Maputo... 

afinal não sou a única

Um dos meus vizinhos aqui do escritório também o faz.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

a ler emails antigos...

Só tenho uma coisa a dizer: há malta completamente doida... E eu sou uma delas!

Já dei algumas gargalhadas a ler o que escrevi e o que me escreveram! Com as respostas também.

Eu sei que é um post sem sentido. Mas o blog é meu e eu escrevo o que me apetecer, mesmo que só eu entenda!

a vida fez-me ver coisas de perspetivas diferentes

Estive meia hora ao telefone com a minha advogada (e ela também é minha cliente), a pensar sobre como resolver um problema que surgiu com mais um divórcio...
 
A saber:
- não vale a pena casar; só gente doida é que se mete nisso;
- havendo casamento, o melhor é ser com separação de bens;
- havendo casamento, se o regime for comunhão de adquiridos, se se lembrarem de constituir uma empresa, o mais seguro é serem os dois gerentes;
- havendo filhos... para isto ainda não arranjei uma solução. Daí que hoje, mais de 2 anos depois, continue a dizer "Ainda bem que não tive filhos."
 
Chamem-me fria, má, calculista... Um divórcio pode mesmo ser uma carga de trabalhos.
 
Bem me disse ela que o meu tinha sido um mar de rosas...

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

fim de semana

Vou ali e já volto.

Bom fim de semana.

Já agora, quero uma compensação qualquer por hoje não ser feriado.

não consigo tirar da cabeça que...

... há um ano era feriado.

E este podia ser um fim de semana prolongado...

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

o que é que vais fazer hoje à noite, agridoce?*

Sair do trabalho, voar para lá, jantar com um grupo enorme e matar saudades de alguns! Nem sei ao certo quem vai.
E, uma vez mais, juntar agridoce júnior 1 com malta de outras vidas. É sem stress, já que quem o levou pela primeira vez a um dos cafés ponto de encontro lá do sítio foi aqui a maninha e ele sabe bem o que tem em casa!

Depois, sem nos distrairmos com as horas, isto.

Sim, se virem um preto mágico na A1 a 120 km/h sou eu... Ou não.


* Laurear. Ou como me dizia o J., "andas sempre no arejo!".
:p

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

há lá melhor maneira de começar o dia do que com 3 homens cá em casa

E um berbequim, uma rebarbadora... Que pelos vistos não estava convidada, mas à última da hora foi convocada e já está a dar o seu melhor. Para mim, é fazer barulho!

Da saga "aos poucos a casa vai-se compondo".


terça-feira, 29 de outubro de 2013

aperto de mão

Não é suposto o aperto de mão ser firme?

Pois que saiu daqui um dos meus clientes a queixar-se que eu lhe ia partindo os ossinhos da mão. E que há uns dias atrás também aconteceu o mesmo.

E agora só me dá para rir com a situação!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

já não falo disto há muito tempo: as lentes de contacto

Depois de experimentar marcas diferentes, cheguei à conclusão que eu e as lentes não nos damos bem para estar o dia todo a olhar para o pc. É muito mais confortável estar de óculos, pelo que a decisão passou por experimentar lentes diárias, que uso quando não trabalho.

Só tenho de me lembrar de uma coisa: gotas com muita frequência. Isso ou stressar na hora de as tirar de tão secas que estão. Pelos vistos as minhas lágrimas não são grande coisa.

E é isto.



quinta-feira, 24 de outubro de 2013

das mudanças

Em 2011, mudei de casa (abril). Mas para que é que uma pessoa precisa de tanta coisa?! Ena, eu tenho isto?

Em 2012, mudei de escritório (março). De onde é que apareceram tantos dossiers?! Olha... 1900 e troca o passo? Já não interessa a ninguém. Reciclagem!

Em 2013, voltei à primeira linha. Em março comecei a levar as coisas aos poucos. Em abril foi de vez.  Perdida no meio de caixotes, dei por mim a dizer que nunca mais mudo de casa. Contudo, a vida já me ensinou que nunca devo dizer nunca.

Cada uma melhor do que a outra...

a chuva, a semana e o fim de semana

Realmente não dá jeito nenhum uma pessoa ter de andar na rua e estar a chover. Era melhor que chovesse quando nós não precisamos de pôr o pé na rua...
 
Ora diz que no fim de semana vai estar sol. E isso dá um jeitão enorme! Já me tinha esquecido do que é ter o estendal cheio de roupa lavada (e molhada, claro!) e não o poder ter na varanda.
 
Posto isto e depois do investimento que vou fazer nos próximos dias lá em casa, estou com uma dúvida existencial... Não tenho máquina de lavar louça. Começo a poupar para ela ou para uma de secar roupa? Temos mais meses de sol do que de frio e chuva... Não lavo roupa todos os dias... Mas lavo louça. E meia volta aparece sempre mais alguém para almoçar, lanchar, jantar... E a minha pele não se dá bem com detergentes. E luvas não dá jeito nenhum...
 
E que o chove, caraças?!

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

daquela cena de amar...


‘"Cause all of me
Loves all of you
Love your curves and all your edges
All your perfect imperfections
Give your all to me
I’ll give my all to you
You’re my end and my beginning
Even when I lose I’m winning
‘Cause I give you all of me
And you give me all of you"




Suri, está melhor assim?!!  ;)

eu não faço anos em outubro, mas...

... aceito o novo álbum destes senhores, sem sacrifício!!!


A fazer figas para que voltem a Portugal em 2014!

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

têm a sensação que o blog era assim?

Por favor!!

Abram bem os olhos! É claro que está muito diferente!

Tanta coisa, tanta coisa e fica quase na mesma. Gaja complicada e indecisa!

isto está em remodelação

Sim, ainda!

Se virem várias coisas diferentes, não se assustem! Sou eu a decidir que, afinal, não gosto!

já deve ter dado para reparar

Ainda não estou convencida!

agri-indecisa

impossível não pensar em ti...

... de cada vez que ouço esta música. Era isto que o nokiazinho tocava quando me ligavas.


em menos de 12 horas...

... voltei a mudar de opinião.

Isto visto num écran maior não me agradava. Vamos ver quanto tempo dura este aspecto.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

e fica assim...

Não mexo mais.

Até quando? A ver vamos!

tempo volta para as férias!

Vi, algures pela net (e se está na net é porque é verdade!), um estudo em que se afirmava que a cerveja hidrata tanto como a água, quando consumida após a prática de exercício físico. E, de repente, percebi porque durante uns 3 ou 4 dias eu praticamente não bebi água. Foram dias a andar a pé, de um lado para o outro... Com pequenas paragens técnicas, para recuperar energias. 



ontem disse-te isto...


... com outras palavras, mas vai dar ao mesmo.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

amanhã é outro dia

E eu tenho ideias de merda de cada vez que me lembro de mudar aqui o aspecto do estaminé.

Não quero que fique assim- But, guess what?! Fiquei sem paciência para isto!

agridoce, a gaja menos paciente neste concelho da beira litoral

o amor é fodido

Ainda não acabei o livro porque tenho andado distraída com outras coisas. No entanto, dou por mim a ler e a pensar que o amor é capaz de nos deixar completamente loucos. Não é novidade, claro que não. A novidade é a perspectiva que tenho ao lê-lo pela segunda vez, passados uns 15 (deve ser isso…)  anos da primeira leitura. 

O amor é louco, doido, desvairado, cego, ingénuo. É arrebatador. Faz-nos descer do céu ao inferno em segundos (ou ao contrário, que eu não sei o que vem primeiro!). Tanto nos faz rir à gargalhada, como largar a chorar (e não, não se aplica a mim uma das passagens que aqui já escrevi). É sentir borboletas no estômago ou um nó no coração. O amor é de extremos. É luz ou escuridão. Razão também tinha o outro: é um contentamento descontente!

Resumindo e concluindo: é fodido! Mas é muito bom!!!!

dos jantares com amigos

Alguém tem de ficar sempre com as sobras... 




terça-feira, 15 de outubro de 2013

ainda bem que não sou vingativa...

Mas está a apetecer-me tanto, mas tanto, ser agri-bitch!!!

ainda bem que o preto mágico...

... só tem 1400 de cilindrada. 

Acho que li (agora não encontro) que quanto mais velho o carro, menor a taxa adicional do IUC.

Ainda bem que o meu carro tem 3 anos e é poluente porque é a gasóleo. Será mais poluente do que um carro a gasóleo com... sei lá, 20 anos? 

Onde raio é que eu li aquilo?


dizem que...

... quem é vivo, aparece!

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

perguntas parvas

"Não era suposto eu ter aprendido alguma coisa com o divórcio?"

A resposta de quem ouviu deixou-me a pensar...

Parece que aprendi a ter noção das coisas e nem tinha noção do quanto aprendi.

E agora só me apetece dizer uma coisa...

Foda-se, agridoce!

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

leituras #7

"As raparigas, depois de chorar, ficam com vontade de fazer amor. É como se tivessem apanhado uma carga de chuva. Ficam todas molhadas. Nós somos a toalha que está mais à mão. O turco maluco com que se embrulham e enxugam. É horrível, não é? Mas só um santo não se aproveitaria."

De facto, é horrível: raparigas malucas, doidas, desvairadas! E, claro, santos!!! Santos do pau oco ficará bem neste post?!

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

leituras #6

Este soneto tem séculos, mas será eternamente verdadeiro!!!



"Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?"


Luís Vaz de Camões




quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Na onda do dar e receber "Se cuidas de mim, eu cuido de ti também"





Obrigada por me teres feito lembrar desta, MS!


leituras #5


"O amor é fodido. Nunca sabemos se estamos a dar ou a receber."

É suposto sabermos? Alguém anda a medir o que dá e o que recebe? Será que é por isso que às vezes cobramos?

terça-feira, 8 de outubro de 2013

sinto-me estranha

O meu cabelo hoje voltou a ficar mais escuro...

Desde maio que não me via assim. 

leituras #4


"Devolve-me a minha vida e o meu tempo. Diz qualquer coisa a este coração palerma que não sabe nada de nada, que julga que andas aqui perto e chama sem parar por ti."

O meu coração, às vezes, prega-me partidas destas...

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

6 meses

Já passaram 6 meses e eu nem dei conta.

6 meses a dar-me bem nesta coisa de viver sozinha.

Sem regras, sem horários... O sofá todo para mim! Sem guerras com o comando da televisão.

Sossego.

Paz.

leituras #3


"Se não fosse o amor, de que poderíamos escrever ou fugir?"

E tantas vezes eu fugi... e escrevi...

leituras #2

"Tudo o que se perde devagar é mais triste por causa disso. Mas eu não queria perder-te mais depressa por causa disso."

os meus dias, segundo a gaja do holter

mousse de chocolate com after eight: a receita!!!!

Babem-se e façam!!!
1 barra de chocolate negro de culinária (mais de 70% de cacau)
6 ovos
4 colheres de açucar amarelo
1 colher de margarina
1 caixa de After eight
1 pitada de sal grosso
Derreter a barra de chocolate, a manteiga e metade da caixa de after eight em banho maria.
Numa taça juntar as gemas e o açucar, mexer até ficar cremoso. Adicionar o chocolate derretido
Noutra taça, batem-se as claras a castelo com o sal.
Mistura-se nas claras a mistura anterior e envolve-se tudo.
Da outra metade da caixa de after eight, parte-se 1/4 aos pedacinhos e mistura-se; o outro quarto serve para enfeitar! 
Vai ao frio umas horas antes de servir!!

Obrigada à Patrícia que me passou a receita!

:D

domingo, 6 de outubro de 2013

a mousse de after eight*...


... de há não sei quantos meses! Receita gentilmente cedida pela Patrícia.
Foi aprovada por todos!

* Ou: devias era ter vergonha na cara por demorares mais de 3 meses a publicar a foto.

leituras #1

"O amor é fodido. Hei-de acreditar sempre nisto. Onde quer que haja amor, ele acabará, mais tarde ou mais cedo, por ser fodido."


sexta-feira, 4 de outubro de 2013

na minha cabeça...

Perguntas e mais perguntas... Sem resposta.

Uma mistura de pensamentos.

Esperar para ver... Sentir. Ou não.

E tanta coisa que quero contar.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

leituras


Li quando andava na universidade (há uns 2/3 anos atrás!). Andava com ideias de o reler. No domingo saltou de uma prateleira e veio parar cá a casa. 

coisas que só eu entendo

Quando alguma coisa é dada por adquirida e, de repente, voltam a dar os dados... 

Baralham-me! 

Mas tudo tranquilo: eu gosto de desafios. De coisas que, à partida, são complicadas. Nunca vou pelo caminho mais fácil, pelo que não dá trabalho.

A vida só tem piada se der luta.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

pois que voltou a acontecer...

Ontem.

Roda chave, roda tampa, puta de sorte e mais o caraças do carro, roda chave, roda tampa, pqp... Vou ter que pedir ajuda. Roda chave, roda tampa, roda tampa, aaaaaahhhhhhhhh! £@§€-se!!!!

Lá fui eu pedir ajuda, armada em parva.

Percebi que estava a rodar a tampa em sentido inverso. Tarde demais, já tinha feito figurinhas... Tristes, claro.

Já não me lembro quando foi a última vez que fui eu a fazer isso... Meter gasóleo, claro. Que a parte das figurinhas é o que é...

terça-feira, 1 de outubro de 2013

e lá em cima...

... já se chora!

E o que preferes, agridoce? Bebé a chorar ou gajos com os copos a entrar no quarto do hostel às 5 da matina, como se fossem 9 da manhã?

Talvez um telemóvel a despertar que põe toda a gente a dar um salto de susto... Cá se fazem, cá se pagam!

domingo, 29 de setembro de 2013

estou viva!

Era só isto!
Já vi que tenho muitos posts para ler, mas agora vou mesmo é dormir.

Preciso de descansar...

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

a quem me segue

Diz que
- as férias têm o Caixa Alfama;
- hoje já se começa a festejar o aniversário de domingo; é a aniversariante que manda até domingo, por isso não há planos com amigos que estão por Lisboa;
- daqui a pouco a minha boleia está aí à porta e a mala continua vazia;
- o preto mágico já está fechado na garagem e vai ter um descanso de 9 dias;
- não vou dar notícias nos blogs durante 9 dias, no mínimo;
- vou estar incontactável, porque vou estar longe daqui para caraças, num sítio onde as temperaturas máximas são as nossas mínimas;
- chego a horas de votar;
- já devia era estar a fazer a mala!!!

Então, vou ali e já volto!

agridoce júnior 1

Dos meus dois irmãos este é o mais racional e o que leva a vida na boa, como quem nasceu com o rabo virado para a lua.
 
Ora no fim do mês há eleições. Aqui na terriola os dois candidatos desdobram-se em festas disto e daquilo, em bater os bailaricos todos das aldeias. Pelo meio vão pagando uns copos à malta.
 
E eu rio-me a ver fotografias do meu irmão na festa do candidato y e depois na festa do candidato x, sempre de sorriso na cara.
 
Será que algum dos dois sabe que o meu irmão não vota cá? ;)

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

...

Apesar de amanhã iniciar a aventura das férias, o fim de tarde foi agridoce.

E neste momento estou de coração (muito) apertado, sem saber se se vai partir em mil bocados ou se vai aguentar com mais um remendo.

A vida anda para a frente e hoje eu devo ter recebido um empurrão, mesmo que agora não esteja a encarar as coisas dessa maneira.


não vejo a hora...

... de entrar no carro que amanhã vai fazer de táxi!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

como suportar esta segunda feira

Concentrar-me na ideia que a próxima é sinónimo de férias, boa companhia, sítios novos, aventura, amizade e... desligar do mundo!

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

acabou!

Finalmente!

E não fui (nem vou) de cana. Ninguém vai! Resultado positivo para o cliente e para mim!! :))

Estou pronta para a próxima. E vou já ali bater na madeira!

Sou mesmo boa, pá!!!

Gaba-te...

terça-feira, 10 de setembro de 2013

coisas que não interessam

Tenho tanto jeito para pintar unhas como para manter plantas vivas em casa.

Ora... acetona, onde estás?

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

mas anda tudo doido?

Eu acho é que vou deixar de ver e ler notícias onde quer que seja... 

Mas como é que alguém não dá pela falta de um filho durante quase 4 horas? Como é que alguém tenta abandonar um recém-nascido, depois de, pelos vistos, ter tentado raptar um outro filho?

E não, não estava a ver o Correio da Manhã ou o Crime (ainda existe?). 


domingo, 8 de setembro de 2013

justiça pelas próprias mãos


Acabou de dar no Jornal da tarde, da SIC, uma reportagem sobre um alegado incendiário que foi apanhado pela população e... levou nas trombas! Quer dizer, deve ter sido mais do que só nas trombas, pois teve de ser levado ao hospital.

Com tantos incêndios, com bombeiros mortos e feridos... Só espero que ninguém tenha a brilhante ideia de acusar os habitantes da aldeia de alguma coisa. 


sábado, 7 de setembro de 2013

alguém pára para pensar?

Não sei se já repararam, mas nos últimos dias o mulherio anda possuído no facebook: muitos estados com "na sala", "na cozinha", whatever.

Ora mais uma mensagem da treta a circular, pensei eu. E eis que ela hoje chega. E reza assim:

"Vou-te mandar um jogo de mulheres, para sensibilizar para o cancro da mama. Os comentários ficam engraçados. Mais um ano, em que devemos fazer algo especial no facebook para que as pessoas tenham consciência do cancro da mama..."

Expliquem-me como se eu fosse uma criança se 5 anos: se eu escrever que deixo a minha mala na sala, em que é que isso contribui para a tomada de consciência sobre o cancro da mama?

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

amanhã é sexta feira...

... e eu vou terminar a semana em beleza!

Amanhã, ele volta...

Não, não vou de cana.

SOG e agradecimento público

Obrigada por teres perdido minutos da tua vida a lembrar-me de um facto! Obrigada por teres insistido até eu te dizer "já foi!", mesmo depois de te ter explicado "Já enviei email."
 
Obrigada por fazeres de agenda, sim?! Sabes porquê? Porque a resposta foi muito boa!
 
E ficas já avisado: não perguntes pelo bolo!
 
O que seria de mim sem ti?!
 
:p :p :p
 
Agora, conta-me: aconteceu algum milagre?!

terça-feira, 3 de setembro de 2013

domingo, 1 de setembro de 2013

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

relato de uma noite de sexta feira, em modo caseiro

Os vizinhos do prédio da frente continuam a falar alto dentro de casa deles... E eu continuo a ouvi-los.

No parque verde cá do sítio (em linha recta devem ser uns 200, 300 metros) está a decorrer a apresentação da candidatura de uma das listas à junta de freguesia... Ouço alguém a cantar, mas não me encanta.

É que não me está nada a apetecer fechar a janela... Mas parece que é a única forma de estar sossegada e em paz.



quinta-feira, 29 de agosto de 2013

os salários e o fmi

Descer o salário mínimo... principalmente para os mais jovens.

Ora expliquem-me, como se eu não fosse uma gaja licenciada em economia (ups!), em como é que isto poderia beneficiar a nossa economia???

Assim só de repente: menos rendimento disponível, menos consumo... menos consumo, menos produção; menos produção, mais desemprego; menos consumo, menos impostos; menos empresas, menos impostos... mais desemprego, menos contribuições para a segurança social; mais desemprego, mais prestações sociais...

Eu gostava que os senhores do FMI vivessem com o salário mínimo nacional. E os políticos.


esse pensamento de encerrar o blog

Sim, senti-me contagiada pelo teu post, Suri!

Se hoje me passasse pela cabeça encerrar aqui o tasco, o motivo seria um e apenas um: alguém com quem tive um relação e que costumava (ou costuma, sei lá) ler o blog. 

Porquê? Porque muitas vezes deixei de escrever coisas que poderia perfeitamente partilhar com a blogosfera, porque ninguém sabe quem eu sou. E se quis sair da minha vida, também não tem de saber por mim via blog. Ressabiada?! Não! 

Eu sei o que vocês estão a pensar, R. e C.!!! E a gaja do holter também! 

Portanto, se algum dia este blog desaparecer ou eu deixar de escrever... Das duas uma: ou passei-me de vez ou aconteceu-me alguma coisa! 

terça-feira, 27 de agosto de 2013

eu acho uma boa ideia!

Hoje fui jantar a casa da gaja do holter.

Como jantamos cedo houve tempo para tudo: conversas de adultos, brincadeiras com a Nana (é assim que a criança diz o nome dela), apoio moral a tarefas domésticas, babysitting...

Às tantas, eu a fazer desenhos com a Nana:
- Sabem aquelas tintas de ardósia? Ficava fixe do quarto da Nana para ela desenhar com giz!!

Só sei que senti dois olhares fulminantes na minha direcção. Mas só a cara deles valeu a pena!!

Continuo a achar uma ideia muito fixe! Como parece que não pega, vou ter de me ficar com kits de pintura, carimbos, ... essas cenas!


eu não entendo...

Aliás, nem deve ser para entender, como muitas outras coisas neste país...
 
Não entendo como é que, ano após ano, a floresta continua a arder. Não entendo a reportagem que vi de um dos incêndios do fim de semana: numa aldeia bem próxima, dia de festa, procissão... foguetes! Como?! Mas as pessoas não têm noção?!
 
Não entendo como não há prevenção. Não entendo por que não há guardas florestais, porque as casas dos mesmos estão votadas ao abandono. Não entendo por que é que, de facto, não se responsabilizam os donos das matas pela sua limpeza...
 
E custa-me, como hoje de manhã, ouvir as notícias de que morrem bombeiros...

domingo, 25 de agosto de 2013

tardes de domingo

Hoje fui até à praia, mas vim de lá corrida tal era a ventania. Se fosse só o vento ainda se aguentava, agora começar a levar com areia...

Cheguei a casa cedo. Já não me lembrava que as tardes de domingo são uma nódoa... Será que voltam a dar filmes e acabam aquelas coisas?! 

Liguei o pc à televisão e está a ver séries... Só me lembro de desligar a televisão. Acordei eram quase nove da noite.  A sesta de fim de tarde soube-me bem, mas continuo cheia de sono.

Amanhã é dia de voltar ao trabalho... E o vizinho de cima voltou ao registo do choro em altos berros.

uma semana passa a voar

E amanhã já é segunda feira...



sábado, 24 de agosto de 2013

as voltas da vida

Quando eu andava no secundário (portanto, há pouco mais de meia dúzia de anos...), ele tinha uma paixão assolapada por ela... Ela dava-lhe com os pés.

Ela, grande amiga de agridoce, seguiu a vida... Mas a puta da vida dá muitas voltas e as coisas nem sempre têm um final feliz. 

Mas... hoje o dia foi feliz! Hoje eu estava lá e vi-os casar. Eu e mais uns quantos sempre a bater no mesmo: o rapaz tanto esperou que agora merece que seja mesmo para sempre!

E parece que quem espera, sempre alcança!

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

parece que estou de férias

Eu, os lenços de papel, as gotas para o nariz e o Ilvico...

Ainda bem que estas são as férias caseiras.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

coisas que me deixam curiosa

O que será que significa

"A resolver assuntos de extrema importância para o futuro da Nação!", no chat do google de alguém!!!

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

agridoce e agri-júnior 2

Discussão ontem...

Com efeitos secundários.

Se tens tomates para umas coisas, meu querido irmão, também deverias ter para outras. Como por exemplo, saberes separar a nossa discussão do evento de amanhã. Mas pelos vistos, não. Cresce, pá! Ou só és adulto para algumas coisas?

Só para que conste: não, não é um recado.

as relações e o facebook...

Será que a malta usa aquilo para esfregar na cara de alguém?

Numa relação, é complicado, whatever... Mais valia estarem calados!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Jack, ainda cá vens?! Recado para ti...

Só me apetece agarrar no telefone e insultar-te.

Agora, depois de confirmar uma suspeita, só me apetece gritar-te que és um cabrão de merda, porque a culpa é tua.

Mas quem me mandou a mim ser parva, acreditar que sim, que era possível, apesar de todos os mas, e recusar os convites que recebi? Quem, quem me mandou acreditar em ti, em nós? Ahhh... Espera, o meu coração, esse idiota.

A culpa é tua! E minha, que também lá estava...

Momento agri-ressabiada... Um bocado mais leve agora.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

a vida compõe-se

No espaço de uma semana, 3 entrevistas.

No espaço de uma semana, 3 pessoas muito próximas começaram a trabalhar.

Tudo na mesma semana.

Aos poucos, a vida compõe-se...

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

não sei o que tenho

Já passa do meio-dia...
Já mandei cafeína para dentro...

Mas os meus olhos só querem fechar-se...

Acho que preciso de férias.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

"E como é que te estás a organizar na tua casa e sozinha?"

Esta é a pergunta do dia.

Pois é. Há 4 meses atrás decidi dizer à agri-mãe que vinha dormir cá, embora 2 segundos depois lhe tenha dito logo "1 de abril!!". 

Nesse dia vim só com o essencial para uma noite, convencida que na noite seguinte lá estaria em casa de agri-pais. Mas não, vim e fiquei de vez.

De repente, tive de voltar ao modo dona de casa e já não estava habituada. Mas sabe bem ter o meu canto, as minhas coisas. 

A casa ainda não está como eu gostaria que estivesse.Há coisas que quero mudar: pintar paredes, encher paredes de quadros, molduras, simplesmente mudar.

No entanto, as memórias de outra vida, o que cá ficou... Não fizeram estragos emocionais. Não penso de todo nisso. E esta tranquilidade em que vivo, numa casa que já partilhei com outra pessoa, numa casa pensada, mobilada e decorada a dois, dá-me a certeza que, um dia, a decisão que tomei foi a melhor da minha vida.

Por isso, R., acho que me estou a organizar lindamente. E estar sozinha é bom. Tudo encarado como normal. Sem filmes, sem stresses. Claro que, de vez em quando, farto-me de mim... Mas para isso é que servem os amigos, os meus pais e os agri-júniores!

sábado, 27 de julho de 2013

daquele senhor que gosta de vasculhar pastas de papel

Depois de uma semana inteira a vasculhar...

Voltou hoje, para acabarmos a semana em beleza.

Diz que volta depois das férias.

SOG, parece que não vou de cana tão depressa.

a Calvin escreveu uma coisa que me fez pensar isto (pela n-esima vez)

Não imagino a minha vida sem os agri-júniores.

Não sei o que seria de mim se lhes acontecesse alguma coisa...

Não quero sequer pensar nisso.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

pensos e tampões

Há umas semanas, jantar em casa de amigos.

Outro amigo, também convidado, liga-me e pede se posso comprar vinho. O gajo estava engessado e não podia conduzir.

Peço indicações e digo que se não houver o que ele quer, ligo.

agridoce a olhar para n garrafas de vinho, pega no telemóvel e envia sms:
"gajo, não há o que queres. Mais sugestões."

Resposta: "Douro branco".

agri olha para as prateleiras...
(pega em garrafas de D. Ermelinda e tá a andar. Este eu sei que é bom!)

Quando finalmente põe os olhos no engessado diz:
"Douro branco?! Um dia peço-te para ires comprar pensos e tampões e, olha, depois desenmerda-te!".

Se eu pedi ajuda, por alguma razão foi.

(desculpa SOG: eu sei que não era disto que estavas à espera!)

meu querido

6 meses é capaz de ser um bocado muito, não?

Em 6 meses, 6 longos meses, não tiveste tempo de mudar a merda da morada? Por que motivo eu tenho de continuar a receber a tua correspondência?

Pois podes ter a puta da certeza que a partir de hoje... Estás a ver aquele quadradinho de devolvido?!


agri-bitch

terça-feira, 23 de julho de 2013

momento: levas um par de estalos não tarda, agridoce!

Às vezes tenho vontade de agarrar no telemóvel e ligar-te. 

Mas depois... Acordo para a vida e lembro-me que tu também estás em silêncio.

Felicidades para o futuro, sim?

domingo, 21 de julho de 2013

eu...

Sexta-feira, fim de uma semana complicada.

Sete da tarde, agridoce em modo hidroginástica. Já nos balneários,abre mochila, vira mochila... Nada de fato de banho.

Quanto não vale ainda ter coisas em casa dos meus pais.

Ou: arrumares a mochila de manhã, à pressa, não é boa ideia!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

levem-nos daqui!

Hoje são dois.

Picuinhas, pá! Querem arranjar dinheiro à força para o patrão deles e não conseguem.

terça-feira, 16 de julho de 2013

não...

ainda não fui de cana...

Hoje já foi mais duro. Diz que fica até ao final da semana...


segunda-feira, 15 de julho de 2013

ora o senhor está lá sossegado...

... rodeado de pastas e mais pastas.
 
Fui lá conhecê-lo de manhã. Ficou a "lamber papel" e eu estou sossegada (nem por isso) no escritório. Amanhã, será o embate... Ou não! Que ele não vai encontrar nada! Nada, mesmo nada. Ou eu não me chame Albertina.
 
(Ai não pode ser este, que este é o da Calvin!)
 
Ou eu não me chame Cátia Vanessa!

sábado, 13 de julho de 2013

finalmente

Em modo fim-de-semana!


:s

Ontem, por volta das sete e meia da tarde, o trabalho já não estava a ser produtivo e antecipei a pausa do jantar. Cheguei a casa de agri-pais e agri-júnior 2 andava a lavar carros.

O preto mágico foi para a fila e eu andei entretida a esfregar carros.

E o que é que aconteceu esta noite?

Ainda assim continua mais limpo do que ontem...

quinta-feira, 11 de julho de 2013

facto

Acabaram de me estragar o fim de semana e a próxima semana...

Que bom que é ser adulto, ter responsabilidades...

terça-feira, 9 de julho de 2013

como é que é?

Tenho estado deitada no chão da sala a olhar para o tecto e a pensar na vida...
A televisão está ligada.

WTF? Um programa que mete touros, pegas, algumas pessoas (só decorei José Castelo Branco) e um júri??? Não, eu não devo ter percebido bem...

Vou voltar a olhar para o tecto. E mudar de canal...

Adenda: alguém me chega o comando, por favor?

segunda-feira, 8 de julho de 2013

é estranho? claro que não!

Acho estranho (ou não!) que, neste pequeno concelho do país, muitos dos apoiantes do candidato do eterno partido na câmara municipal sejam empresários, pessoas com negócios...


domingo, 7 de julho de 2013

estender roupa pode ser perigoso

O meu estendal não vale uma merda...

Está todo partido. 

Consegui que ele se fechasse com as minhas mãos lá no meio... Tenho um dedo todo lixado e vi-me fodida para desentalar as duas mãos. Acho que comecei a ver tudo à roda... Felizmente o dedo que ficou pior é da mão esquerda, mas ainda assim não dá jeito nenhum...

E as temperaturas não descem um bocadinho? Dez graus já era bom...

sábado, 6 de julho de 2013

a menina está sossegadinha...

... a adiantar trabalho.

Hoje ninguém chateia, o telefone não toca, não aparecem pessoas. Está uma torra que não se pode e eu achei que era boa ideia vir para o escritório adiantar trabalho. Eu, o pc, música e um ar condicionado. 

Planos para amanhã? Praia.

não, não removi o blog

Parece que tentaram aceder ao mail/blog.

Também parece que já está tudo bem.

É impressão minha ou está um calor que não se pode?

quinta-feira, 4 de julho de 2013

38º é muito...

Quando ando num carro de 5 lugares (hoje ando disfarçada) e cujo ar condicionado deixou de funcionar nas minhas mãos...

Há coisas fantásticas!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

eu não aprendo...

Em vez de estar a vegetar no sofá, a olhar para o tecto... Não! Estou a fazer da tese um artigo. Para quê? Parece que em outubro vai haver um congresso na área. Melhor, parece que a data limite para a submissão de artigos é... 10 de julho. 

E parece, mas só parece, que alguém deixou para a última semana. 

Isto só não fica pronto amanhã porque tenho um jantar! Prioridades!

e se de repente...

Eu estou a dar mais importância do que realmente devia?

E se é tudo filme da minha cabeça? 

Ao menos que houvesse um sinal, uma pista...

A dúvida instalou-se. Continuo a fazer o que estou a fazer ou fico quieta no meu canto?

terça-feira, 2 de julho de 2013

pergunta retórica # whatever

E amanhã?

Quando acordar ainda haverá governo?

Portugal fechou?

Isto não me está a agradar nada...

mas isto agora é todos os dias?

Outro que se demitiu...

Amanhã a bolsa vai derrapar outra vez, os juros da dívida vão subir... Isto não é nada bom para a nossa economia.

Onde vamos parar?

segunda-feira, 1 de julho de 2013

da mousse e das fotos

É só para dizer que, entretanto, fiquei sem bateria na máquina...

E como passei o fim de semana a passear, não tive, ainda, tempo de ligar o carregador à ficha... Vida difícil.

Preciso de descansar do fim de semana! Ou não.

Hoje, jantar com a malta dos festivais. Mas sem os festivais...

novidades :p

- Hello!

- Olá, agridoce! Tudo bem? Já não falamos há tanto tempo...

- E novidades?

- É logo assim? A matar?

- Até parece... Então, estás vivo?

- blá, blá, blá, blá... e namoro há 2 semanas!

agridoce em silêncio pensa "WTF?".

A partir daqui sou só eu e os meu pensamentos: ó puto, mas tu há umas 8 semanas não me largavas, sujeitaste-te a um jantar com gajas (as minhas amigas chamaram-me má e tudo, mas lá confirmaram tudo o que eu tinha dito), em que levaste para trás que foi coisa feia e agora ligas-me para me dizeres que namoras há DUAS semanas?!

Ufaaaaa...

domingo, 30 de junho de 2013

é verão, está calor, as janelas estão abertas...

... estou a apreciar o silêncio da minha casa.

Estou o caraças! A ouvir a Júlia Pinheiro aos gritos... Mas quem é o estupor do vizinho que é surdo?

sexta-feira, 28 de junho de 2013

ideias # 3

Ontem à noite lá fiz a mousse de after eight.

Meninas que ainda não experimentaram: aquilo faz-se super rápido!!

Logo à noite vamos ver como corre!

Finalmente, é sexta-feira!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 27 de junho de 2013

quarta-feira, 26 de junho de 2013

é oficial!

A gaja do holter, colega do mestrado que virou grande, grande amiga, hoje estreou-se nos comentários aqui no blog.

Ora bem... Ter uma pessoa que convive comigo diariamente, que sabe tanto da minha vida como eu, que já foi o meu ombro (e eu o dela!), que confia a filha dela à minha pessoa e tudo e tudo, a comentar o meu blog será sinónimo de quê?

Gaja do holter, welcome to my blog! Be a nice girl, please!!!

agri-avó paterna

Que feitiozinho de merda. Arre!

A minha avó chateou-se com a minha tia e hoje viu-se obrigada a dar o braço a torcer (coisa a que não está habituada): ligou à filha a dizer que sexta tem de ir fazer um exame. Ao que a filha lhe responde "Então e as análises?"

agri-neta liga para o hospital, percebe que as análises já deveriam ter sido feitas e depois liga à avó.

"Por que é que só agora é que diz que recebeu a carta para ir fazer o exame?"

"Olha porque sim. Se disse só agora, eu é que sei. Se morrer, morri."

agri-neta responde torto e a fala mais alto. Quando ela me diz que recebeu a carta há mais de duas semanas:
 "Então, olhe, desenrasque-se sozinha. Já tem idade para ter juízo."

Baixou a bolinha e lá me perguntou o que havia de fazer.

Esta minha avó foi muito mal habituada toda a vida. Ela e a minha tia parecem duas garotas amuadas...

Daqui a uns dias, queixinhas a agri-pai. Vai uma aposta?

só para dizerem que eu estou sempre a falar das lentes*

Vez de experimentar lentes diárias.

Eu, pc e lentes é uma relação que não funciona. Vou experimentar as diárias, para usar quando me apetecer.

* SOG, como vês, eu não me esqueci, apesar da boca já ter sido há umas semanas valentes

terça-feira, 25 de junho de 2013

ideias # 2

Vai sair uma mousse de after eight!

Depois partilho a fotografia da cena. E os comentários de quem tiver o prazer de provar.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

ideias

Preciso de ideias...

Receita fácil, rápida, assim num abrir e fechar de olhos, para uma sobremesa.

Já andei a ver as "minhas" receitas e parece que não me estão a convencer.

Ou: como perceber se vocês são gajas(os) prendadas (os)...

condomínio # 4

Hoje, ao chegar a casa, vi o meu vizinho de cima! Começou-se logo a rir, o sacanita.

Pai do sacanita: "Tens dormido bem?" Disse isto com um sorriso na cara.

E o puto a olhar para mim e a rir-se! Fazer o quê? Dar mimo ao puto!



sábado, 22 de junho de 2013

algum dia havia de ser

agridoce, preto mágico a precisar de gasóleo e bombas de combustível...

Pois que o preto mágico tem um sistema de abertura da tampa do depósito "manhoso". Diferente de todos os carros que normalmente conduzo.

Recebi aulas práticas de como abrir aquilo. Experimentei e correu bem. Nesse mesmo fim de semana lá fui meter gasóleo e tudo ok.

Da segunda vez que precisei, fui a umas bombas em que nos fazem esse trabalho. No stress...

Hoje... Aaaaaiiiiii!!!! Roda chave, roda tampa, roda chave, roda tampa... "Quer ajuda?", "Quero!!". Sai de uma carrinha qualquer um gajo com um bocado de mau aspecto, mas lá vem ele explicar-me a teoria toda. E depois sai-se com "Isto é manhoso, é!".

Conclusão: devia ter reparado nesse pormenor!

sexta-feira, 21 de junho de 2013

já me passou pela cabeça

Fechar esta coisa...

Porquê? Porque sim. Deve haver quem perceba.

Mas depois começo a pensar nas gargalhadas que isto me proporciona e mudo de ideias. embora tenha uma alternativa na cabeça! ;)

quarta-feira, 19 de junho de 2013

condomínio # 3

Nas últimas 3 noites, alguém andou às voltas na cama sem dormir. A pensar em quê? Ora, isso não interessa nada...

Ontem, já de rastos, fui para a cama antes da meia-noite. Até à uma da manhã o vizinho de cima chorou, chorou, chorou, chorou... e eu desesperei, desesperei, desesperei, desesperei... Levantei-me, sofá e esperar que o cansaço vencesse.

Hoje quando acordo, com a cabeça quase a rebentar, depois do despertador qual foi o primeiro som que ouvi? Agora, com o volume da televisão baixo, o que é que eu ouço?

Não acho normal... Dentes? Cólicas? Eu não mereço...

Mamãs que cá vêm: não me batam, sim? Eu sei que a criança não tem culpa.

 

habitua-te

Duas semanas de preto mágico.

Senti a falta de 5 lugares uma vez. Depois de uma festa de anos...

Antes que venham as más línguas, eu era a pessoa que estava em condições de conduzir!

domingo, 16 de junho de 2013

o mundo conspira contra agridoce

Ontem, alguém me disse qualquer coisa do género: "Este ano já mudaste de casa e de vila, agora de carro. Só está a faltar..."

E eu fingi que não estava a perceber. Embora nas minhas costas tenha ouvido umas gargalhadas.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

ainda não me matou...

O preto mágico tem um problema: quando dou por mim já vou a 140.

Ele e eu já fizemos a nossa 1.ª grande viagem juntos. Parece que o conduzo há anos!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

pedras no sapato

No dia do meu aniversário, alguém me perguntou "então, qual é a decisão para este ano?". Não tive resposta na hora. Mais tarde seguiu uma sms com a decisão.

E hoje dei o primeiro passo... Sempre que penso nisso, fico com borboletas.


quinta-feira, 6 de junho de 2013

sabem aquelas pessoas que...

... quando se desfazem do seu primeiro carro ficam nostálgicas?

Daqui a nada, vou entregar o carro... E estou para aqui armada em parva. Vou trazer um cheque maior do que aquilo que estava à espera!!

o padre é um copião!

Então não é que o padre também já trocou de viatura? Parece que lhe estava a dar problemas! Eu bem disse que aquele fumo preto não era nada de bom...

Sabem como é: meios pequenos as notícias correm rápido!

A partir de agora acabou-se! Eu e o padre já não temos carros iguais e com matrícula quase igual. Já ninguém vai apitar, fazer sinais de luzes e dizer-lhe adeus a pensar que sou eu.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

felizes para sempre

Espero que esta relação dure muitos anos. Dele espero segurança, confiança, velocidade, estabilidade... Que me leve onde quero ir sem sobressaltos. Que não me decepcione como o último. Que viva comigo por muitos anos. E que não me mate.
 
Apaixonei-me por ele no instante em que os meus olhos lhe bateram... Tinha de ser ele!

sábado, 1 de junho de 2013

de onde é que ele vem?

Como é possível que num palácio pequeno como este,onde só vive uma pessoa, fora os duendes, que ainda não encontrei, se acumule tanto pó?


quarta-feira, 29 de maio de 2013

"devias pensar mais em quem se preocupa contigo e te quer bem do que com o resto"

Hoje pensei em ti.

E ontem, tal como hoje, dei por mim a pensar no que alguém me disse há uma semana.

Deves dar mais atenção ao que as tuas amigas te dizem, agridoce.

terça-feira, 28 de maio de 2013

carro novo

Ainda não sei que carro vou comprar, nem se novo ou usado, mas está para breve.

A ter em conta: capot e espaço interior. 

eu e as lentes

Como estava a sentir os olhos cansados, resolvi ir tirar as lentes...

Eu chorei, pestanejei e nada... Pensei "já volto a tentar". Mas como estava a ver tão desfocado, lá fui eu. Volto ao espelho...

Caramba!! Mas eu não tenho as lentes! Olho para o chão... uma lente!

Eu não dei mesmo conta de ter tirado as lentes, tal era a choradeira que já ía em frente ao espelho.

Isso ou é o alemão...

as lentes e eu

Não sei se será uma relação com futuro...

Não está fácil.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

ora pensem comigo #2

Hoje partilhei com agri-mãe a minha ideia fantástica (pronto, parva!) do acidente.

Eu estava à espera que ela começasse a insultar-me, que eu já devia ter juízo (continuo sem saber onde há disso à venda!), blá, blá, blá.

Nada disso!! Qualquer coisa do género "Era preciso sorte, era, mas não é mal pensado!"