terça-feira, 30 de abril de 2013

bom dia!

Estou viva.

Que frio é este? Amanhã começa maio!!

Tenho trabalho que chega e sobra. Não, não me estou a queixar.

Have a nice day!

domingo, 28 de abril de 2013

sábado, 27 de abril de 2013

isto nunca mais acaba

Poderia dizer que nunca mais mudo de casa, mas é melhor estar calada que não sei o que o futuro me reserva.

Tenho livros e mais livros e mais livros... Uma grande colecção! Já estão todos no sítio. Acho eu...

Agora vou lançar-me ao resto das louças. Se não me der a preguiça, acho que hoje consigo dar a volta a tudo.

E não, não acaba... Há, ainda, mais coisas na outra casa para trazer...

quinta-feira, 25 de abril de 2013

condomínio # 2

Então, vizinhos, gostam da minha lista de reprodução do youtubi?

Não? Temos pena!

condomínio # 1

"Olá, agridoce! Então estás a morar cá?"

Não... Fico cá todos os dias porque me apetece... E estou a levar caixotes para o papelão porque não tenho mais nada para fazer.

juro que é a 1.ª vez que me queixo

Estou a chegar da rua...

Está um calor, que não se pode!

E depois uma pessoa vê fotografias da praia, em certos blogs, e fica aqui a dizer uma carrada de asneiras...


terça-feira, 23 de abril de 2013

jantar saudável

Quiche de legumes e atum, sem massa folhada. Não havia natas, mas iogurte natural. Sumo de laranjas "caseiras". Para primeira vez que fiz quiche sem massa folhada e com iogurte, a coisa correu bem!

Para terminar em beleza: bolo de chocolate. 

Era um jantar saudável...

Calvin: não dá para mais! É mesmo a última fatia.

constatação de ontem #2

Hoje, as três à mesma mesa...

Onde?

Bem... Vou para a cozinha!

constatação de ontem

Cenário 1: duas gajas, agridoce e gaja do holter, num qualquer shopping de Portugal... Assunto: gajos.

Cenário 2: duas gajas, agridoce e outra doida, numa qualquer residência de Portugal. Assunto: gajos.

Conclusão de agridoce, já em casa da amiga: "Se há gajo, há problemas; se não há gajo, estamos para aqui fodidas que não há gajo!".

Não, não se trata de nunca estarmos contentes. É pior... parece que à minha volta, tudo corre mal.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

eu e filhos

Este post vem a propósito de um da Eve.

Se há uns anos (largos) me perguntassem, eu afirmaria que, com a idade que tenho, já teria filhos. Mas não. 


Digo, sem cinismo, que ainda bem que não cheguei a ter filhos enquanto estive casada. Tenho a certeza que iria ter muitas dores de cabeça e, sem dúvida alguma, teria sempre um elo de ligação. Partilhar um filho não é mesma coisa do que decidir quem fica com um sofá, um carro, este móvel, aquele electrodoméstico... Assim, sou só eu e é só comigo com quem tenho de me preocupar. 


Claro que fico contente por ver que os filhos dos meus amigos mais próximos gostam de mim... Verdade que só uma das sobrinhas de coração tem idade para se lembrar de mim, dia após dia! Quer o puto, quer a filha da gaja do holter (a que se lembra de mim!), quer a mini gaja me proporcionam momentos felizes! 

Há uns meses, quando a mini gaja nasceu, acontecimento aqui partilhado, alguém me disse que o meu relógio biológico estava a funcionar. Não, não estava, nem sei se está. Se alguma vez me imaginei com filhos? Sim. Se durante o tempo que estive casada pensei nisso? Sim, mas não quis, não me sentia preparada para esse passo, mesmo que digam que nunca estamos preparados. Não me imaginava nesse papel, por motivos que agora não interessam. Se alguma vez senti que com aquele gajo era gaja para ter filhos? Sim... Se um dia disse à mãe da mini gaja que ía pensar no assunto? Sim! Cheguei a ser pressionada a dar uma data e atirei "2014", ou seja, tenho pouco tempo! E a gaja cobra sempre que falamos ou que estamos juntas.

Se é uma coisa que queira muito? Não sei... Mas que foi estranho ter sentido que com ele era capaz de cometer essa loucura, foi. Mais estranho ainda foi quando o partilhei com a mãe da mini gaja e ela me diz "nunca ouvi isso da tua boca enquanto estavas casada." Não que uma pessoa precise de estar casada para ter filhos, nada disso!

Um dia, talvez se proporcione. Um dia... A verdade é que quando páro para pensar lembro-me que a idade começa a jogar contra mim. Também é verdade que era uma pita de 18 anos e dizia que gostaria de adoptar.

Portanto, Eve, não nego à partida uma ciência que desconheço!

dedico este post à Calvin e à Eve*


facto

Estou com saudades da mini-gaja...

9 meses de gente e deixa-me assim: com vontade de me meter no carro e ir!

pergunta retórica # 7

Qual a melhor: desprezo ou agri-bitch?

de boas intenções...

Planos para o feriado: deixar de ter caixotes numa certa divisão da casa!

domingo, 21 de abril de 2013

tarde de sol

Segundo domingo consecutivo... Sol, calor, muita gente e... crepe! 

Em agosto serei corrida da praia com tanto vento e areia pelo ar, de certeza! No verão passado foi assim. 

os meus posts e mais umas coisas

Disseram-me que alguns dos meus posts só eu é que os entendo...

E eu disse que não. Que haverá pelo menos mais 2 pessoas que poderão perceber. E, agora, talvez essa pessoa também passe a perceber.

E por que motivo o faço? Há coisas que não têm apenas a ver comigo, mas com outras pessoas. E no que respeita a mim e a uma determinada pessoa não me interessa escrever tudo no blog. 

Quanto a mim... Às vezes penso que se alguém ler isto de uma ponta à outra e se me conhecer, junta as peças do puzzle e percebe que a agridoce é a... Ai, como é que ela se chama?

Mas ao domingo não dá nada de jeito na tv para eu ter companhia ao almoço? 

Logo à noite estarei em casa dos papás e quase de certeza eu e os agri-juniores vamos discutir... Eu a dizer mal do Benfica, eles a mandarem-me calar, depois eu a dizer mal do Benfica, a seguir agri-júnior 2 a dizer que o melhor é eu desaparecer dali porque só digo mal... Curto stressar o agri-júnior 2 quando joga o Benfica!!!! :D :D

sábado, 20 de abril de 2013

decisões

Depois de muito pensar, reflectir, voltar a pensar, pedir opiniões...

Decidi que vou experimentar lentes de contacto.

Estou para ver quanto tempo vou demorar a pôr aquilo nos meus lindos olhos.

Vantagem: não ter que graduar óculos de sol! Será que os meus lindos olhos verdes se vão dar bem?

(ai de ti que comentes que são castanhos!)

dramas # 3

Estou levantada há mais de uma hora e ainda não vi um único duende a limpar a casa... Só uma fada do lar!

Perdi a esperança de os encontrar... Resta-me pôr mãos à obra.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

pergunta retórica # sei lá, 6??

Se o pó conserva, valerá a pena eu limpar os móveis?

agri-despistada

agridoce chega a casa, agarra nos vales de desconto, verifica qual está válido HOJE.

agridoce vai ao hipermercado... Está na caixa, olha para o dito e... válido até 14 de abril. agridoce pensa "Foda-se, mas 14 já foi! Os gajos enviaram-me uma sms com o código do cartão... Deve dar!".

E se não sabem ficam a saber: se se esquecerem de levar o vale, o código da sms também dá.

agri-babada

agridoce vai a repartição pública, com um documento assinado por cliente.

Sr. funcionário público olha para o documento, depois para agridoce e diz "Finalmente, ganhou juízo!". agridoce sorri.

Sr. funcionário público diz que quando alguém o questiona, ele aconselha 3 profissionais cá do burgo! agridoce responde "desde que o meu nome seja um deles..." e sorri...

Sr. funcionário público olha para agridoce e diz "Sem sombra de dúvida!"

E pronto! Tenho o sr. funcionário público a recomendar o meu trabalho.

Ainda viro convencida...

quinta-feira, 18 de abril de 2013

muito à frente

Na minha humilde opinião, o António Variações era muito à frente para a época em que viveu.


Completamente aleatória...

trabalho a quanto obrigas

Passei a tarde fora do meu local de trabalho, mas em trabalho e abrir o blog não dava assim muito jeito.

Vi os vossos comentários todos!

Sim, eu também consigo sobreviver sem microondas!

Sim, eu choro todas as noites por não ter certas pessoas como amigas no facebook. :p

Sim, eu fui apanhada em flagrante!
E o gajo conhece-me tão bem que me escreveu um email em que soube tocar no sítio certo. Caraças do gajo, que sabe o que dizer, escrever ou fazer para me picar! Eu sabia que ele se ía acusar de ter recebido um email que não era para ele. Ele sabia que ía ouvir "não gostei do email!" e teve a lata de responder "Eu sei que tu não gostaste!". Mas eu sou assim tão transparente? Ou o Jack conhece-me bem demais?

eu já devia saber

Que não posso fazer 3 coisas ao mesmo tempo, se elas forem:

- falar ao telemóvel;
- assistir à novela que se desenrola no facebook e eu sem poder comentar (a fingir que não estava ligada...);
- enviar email às personagens da novela, para ir comentando o episódio.

E o que é que eu fiz? Um dos mails seguiu para a pessoa errada...

E a pessoa com quem estava ao telemóvel lá ía dizendo "ainda aí estás?!".

dramas # 2

Uma das coisas que ainda não tenho em casa é o microondas.
 
Só para dizer que hoje agarrei no fervedor, assim... sem pega. Polegar direito e indicador direito queimaditos. Segurar na caneta? Com cuidado...
 
Como se não bastasse encontrar coisas partidas nos caixotes, ontem uma caneca, a puta, saltou do escorredor.
 
Acho que não nasci para ser dona de casa.
 
(sim, já tinha chegado a esta conclusão há alguns anos...)

quarta-feira, 17 de abril de 2013

dramas

Eu julgava que na casa de pessoas que vivem sozinhas, habitavam uns pequenos duendes, que assim que a pessoa sai de casa, arrumam a roupa espalhada, fazem a cama, lavam a louça, aspiram e limpam o pó, põem a máquina da roupa a lavar...

Isso e arrumar o que ainda está em caixotes.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Boston

Sem palavras.

Acabei de ouvir na SIC Notícias que uma das vítimas poderá ser uma criança de 8 anos...

Anda tudo louco.

ando com vontade de...

... bater em alguém. E sei quem é o "alguém".

Quem vier chatear-me (entendam que não são vocês que se dão ao trabalho de ler esta coisa) é capaz de levar por tabela.

Saiam da frente.

sábado, 13 de abril de 2013

caixotes - a saga continua

Isto de ser dona de casa... Fui à procura das molas da roupa (como eu gosto de estender roupa!) e encontrei um caixote que diz "utensílios de cozinha, talheres" e sei lá mais o quê! Até que enfim! Agora vou-me a ele!

...

Depois de um jantar do mestrado, aka jantar de gajas pois eles são uns fracos...

Eu tinha juízo era se fosse dormir. Mas não... Ando aqui às voltas a pensar na vida. Armada em parva, portanto.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

caixotes

Descobri coisas que já não via há muito tempo. Outras que foram directamente para o lixo.

Amanhã já tenho canecas à escolha para o pequeno almoço.

O raio dos talheres devem aparecer no último caixote. As colheres de pau é que fazem falta, mas gaja que é gaja não perde a postura na cozinha.

E o meu pé que não melhora?

quarta-feira, 10 de abril de 2013

coisas

O cara...ças do pé ainda não está bom. Gelo?? É muito frio...

Continuo sem saber de muitas coisas... que é como quem diz "os caixotes ainda estão no sítio!"

Mudei um cilindro de uma fechadura sozinha e correu bem! Graças ao agridoce júnior 1 que já cá tinha vindo ver como a coisa funcionava e me obrigou a experimentar com o que estava na porta. Pelo sim, pelo não, está a chamar a vizinhança para ter a certeza que amanhã não ía haver stress e drama quando tentasse entrar em casa.

Sabe bem quando reconhecem o meu valor e o meu trabalho. No sábado deram-me a conhecer factos que me deixaram preocupada, apreensiva quanto ao futuro de uma pessoa... A parte boa?! Quem vai lá analisar a coisa e orientar num trabalho para que todos durmam descansados, quem é? agri-babada, claro!!!

Hoje vou para a cama cedo... Digo isto há muitos dias. Sem resultado.

O wireless cá do palácio continua sem dar. Melhor, eu continuo sem conseguir... PCzinho ligado ao cabo. agridoce júnior 1 já sabe que vai ter de vir cá.

Coisas, portanto!

terça-feira, 9 de abril de 2013

segunda-feira, 8 de abril de 2013

o meu melhor amigo...

... desta noite.

Gelo.

No pé.

Não, não estava com os copos. Mazelas de outro tempos e um dia inteiro de salto alto... Que já foi no sábado.

Será da idade?

sexta-feira, 5 de abril de 2013

conversas # 3

- Olha, não me enviaste o que te pedi...
- Eu sei. Está ali em cima da mesa.
- Mas não ías digitalizar e enviar por email?
- Não vens cá amanhã?
- (risos) Não foi esquecimento.
- Achas mesmo?!

pergunta retórica (deixei de gostar do hipoteticamente) # who cares?

Decidem que cada um vai para seu lado. Pode ser que o universo os volte a colocar no mesmo caminho.

Queca da despedida: sim ou não?

quarta-feira, 3 de abril de 2013

conversas # 2

- Todas temos um quê de putas. E olha que tu com esse feitiozinho de merda...

- Eu?? Feitiozinho de merda? Nãããããõoo!

das conversas como ali aquela

Pois, pois... Eu sou santa!

conversas # 1

Duas gajas, ao telefone:

- Sabes do que estás MESMO a precisar?
- Diz-me.
- De umas quecas, de umas valentes quecas.
- Já não sei o que isso é.
- Foda-se, também tu?!

dilemas - update

sofá 1 - 0 caixotes!

dilemas

Quando chegar a casa, vou vegetar para o sofá ou vou atirar-me aos caixotes?

Se calhar era boa ideia deixar de saber onde estão as coisas.

E os talheres que ainda não apareceram?

terça-feira, 2 de abril de 2013

das coisas estranhas

Decidir que ontem era uma boa noite para a primeira noite.

Fazer um post no facebook relacionado com a temática.

Ter pessoas da família a comentar com "??".

Afinal, a minha avó não se desbronca sempre!