quarta-feira, 19 de junho de 2013

condomínio # 3

Nas últimas 3 noites, alguém andou às voltas na cama sem dormir. A pensar em quê? Ora, isso não interessa nada...

Ontem, já de rastos, fui para a cama antes da meia-noite. Até à uma da manhã o vizinho de cima chorou, chorou, chorou, chorou... e eu desesperei, desesperei, desesperei, desesperei... Levantei-me, sofá e esperar que o cansaço vencesse.

Hoje quando acordo, com a cabeça quase a rebentar, depois do despertador qual foi o primeiro som que ouvi? Agora, com o volume da televisão baixo, o que é que eu ouço?

Não acho normal... Dentes? Cólicas? Eu não mereço...

Mamãs que cá vêm: não me batam, sim? Eu sei que a criança não tem culpa.

 

12 comentários:

  1. Tadinha de ti, compreendo bem, mas sabes, não é para te assustar, mas se calha de ser isso vaaaiiiisss sofrer muito mais...imagina os pais do bébé...

    jinhossss espero que hoje corra melhor:)
    Leva-lhes uns frasquinhos de Aero Om (se não souberes o que é eu digo-te)...faz milagres!

    jinhossssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suri,

      eu sei que para eles é muito pior! Como não é normal, até dou por mim a pensar no que se passar com ele, assim numa de ficar preocupada.

      Eu sei o que é o Aero Om! A mini gaja (sobrinha de coração) usa disso, de vez em quando! Então, subo ao andar de cima e levo uma palete?! Deve chegar, não?! ;)

      Bjo.

      Eliminar
  2. Coitados dos pais, estão aflitos pela criança e pelos vizinhos também porque é chato. Mas pensa que depois vingas te com o teu bebé. Aqui no prédio sou a última a ser mãe, pelo que já levei com o choro dos outros, agora eles que aguentem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Morango, espero bem que os teus vizinhos não levem com o teu bebé! Estou, apenas, a pensar no teu bem estar!

      Eliminar
  3. Como eu te compreendo:(
    O meu G. até aos 5 meses chorava 5 horas seguidas, mas msm sem parar..Foi um inferno, não desejo a ng tal sorte.
    E eu experimentei td o que havia no mercado. Estive a um milésimo de segundo de lhe dar drogas ilegais tal era o meu desespero:((
    Resultou com Reiky e homeopatia:))
    E camiões, paletes de Aero Om, que já lhe dava de esguicho:)))
    Não passavam as cólicas, mas enquanto houvesse doce na chucha não havia berreiro:)

    Já compraste uns tampões? ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, eu sei que tenho, não sei é onde, uns protetores de silicone que utilizava na piscina...

      5 horas?! :o Isso era para cortar os pulsos...

      Eliminar
    2. :-p
      Tb considerei essa hipótese, a dos pulsos, mas achei q sería pior a emenda que o soneto:))

      Eliminar
    3. Criança aos berros, sangue por todo o lado...
      Situação suspeita!

      Eliminar
    4. :)
      Eu sou uma criatura estranha:)))
      As crianças não são fáceis, e qd se está sózinha com uma tão pequenina ainda se torna mais difícil..
      Mas o ser humano possui capacidades fantásticas de adaptação e de sofrimento. Habitua-se e supera tudo.
      É só preciso amor e força de vontade.

      Eliminar
  4. imagina a pedrada da mamã e o sofrimento da criança... tadinho. custa tanto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eve, às tantas até eu já estou preocupada...

      Eliminar
  5. Aqui no prédio a bebé chorava tanto que eu até equacionei se estaria a ser agredida... felizmente não...

    ResponderEliminar

Cenas que te passaram pela cabeça, quando leste as minhas cenas!!