segunda-feira, 9 de setembro de 2013

mas anda tudo doido?

Eu acho é que vou deixar de ver e ler notícias onde quer que seja... 

Mas como é que alguém não dá pela falta de um filho durante quase 4 horas? Como é que alguém tenta abandonar um recém-nascido, depois de, pelos vistos, ter tentado raptar um outro filho?

E não, não estava a ver o Correio da Manhã ou o Crime (ainda existe?). 


4 comentários:

  1. Eu bem digo...lá em casa "notícias" nem vê-las...

    jinhossssss

    ResponderEliminar
  2. Não compreendo.
    Mas tb não posso dizer que desta água não beberei.

    O meu Pipoco Mais Doce, é a coisa mais maravilhosa que esta vida me trouxe.

    Dou-lhe toda a liberdade do mundo, mas em sítios grandes e na rua não o perco de vista. Tenho uma panca que mo podem roubar...Filmes..enfim..cada um com a sua.

    Já aconteceu vários casos em que os pais não estão habituados a levarem os miúdos às creches, e se esquecem deles. E acontece o pior. Nem quero imaginar o que um pai sente quando confrontado com essa dura realidade.

    Não deve haver dor maior que a perda de um filho:(

    ResponderEliminar

Cenas que te passaram pela cabeça, quando leste as minhas cenas!!