quarta-feira, 9 de outubro de 2013

leituras #5


"O amor é fodido. Nunca sabemos se estamos a dar ou a receber."

É suposto sabermos? Alguém anda a medir o que dá e o que recebe? Será que é por isso que às vezes cobramos?

14 comentários:

  1. Tens razão! Não devemos medir. Devemos deixar-nos ir. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo perfeitamente contigo! Deixarmo-nos ir, às vezes, parece ser mesmo o melhor caminho.

      Eliminar
  2. Não, mas alguém mede?! Quem ama mede? Não há essa necessidade, porque é reciprocuo, se não é...será amor?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suri, quem ama verdadeiramente não mede... Digo eu!

      Mas há outra questão que se pode colocar: até que pontos estamos dispostos a dar sem nunca receber? O amor é assim tão altruísta?

      Eliminar
    2. correção: até que ponto...

      Eliminar
    3. Aí está o ponto: Se é Amor é reciprocuo.
      O Amor altruísta é outra coisa, não quando falamos do que liga um homem a uma mulher ou vice-versa.
      Nessa relação quem diz que dá sem se importar com o que recebe está a mentir, quanto mais não seja a si próprio:)

      jinhooooosssss

      Eliminar
    4. Concordo com a Suricate. O Amor tem de ser recíproco. Não é a questão de medir quem dá mais ou menos mas eu por exemplo, não sou capaz de dar, de demonstrar se não receber e sentir o mesmo da outra parte. :)

      Eliminar
  3. Se amamos damos tudo sem medir nada... Digo eu que nãopercebo muito disto!!

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que é por isso que às vezes dá errado, medem muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É quando uma das partes começa a cobrar da outra. Mas como disse o MS, eu também não sou capaz de dar se sentir que não recebo!

      Eliminar
  5. Quem ama não cobra :)
    Bjo doce.

    Saudades ;)

    P.S. Já sabes das Good News?
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mail, se faz favor, a explicar tudinho...

      Eliminar

Cenas que te passaram pela cabeça, quando leste as minhas cenas!!