quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

dos sítios e das memórias

hoje fui, com a minha mãe, à aldeia dela. 

a minha avó está há uns meses largos em casa dos meus pais. a casa dela está à venda e aos poucos vamos tirando de lá coisas, antes que os amigos do alheio o façam. de lá já tenho algumas coisas, que há muitos anos já dizia que queria ficar com elas. e mais vale a minha avó dar-mas enquanto é viva, antes que haja confusão um dia mais tarde ou que as levem.

uma das coisas que está cá em casa, há um ano, é um relógio antigo, daqueles de corda. mas, por incrível que pareça, não suporto o barulho dele. apesar de ficar bem naquela parede, este não é o sítio dele, não é o sítio ao qual eu o associo cada badalada. a minha mãe sentiu exatamente o mesmo.

é verdade que já lá não ia há muito tempo. de facto, é mesmo isso: uma casa. as memórias daquela casa continuarão vivas, por mais anos que passem. quer eu lá vá, quer não. porque as memórias fomos nós que as fizemos, a família. ir lá é recordar, sorrir. 

ir lá é continuar a ter o mesmo sentimento quando entro no quarto onde o meu avô morreu. 19 anos depois, a sensação é a mesma.

uma casa é só uma casa. as memórias somos nós que as fazemos, seja em que casa for. 


sábado, 26 de dezembro de 2015

estou toda trocadinha...

tenho de pensar várias vezes... não estou a acertar à primeira com o dia da semana de hoje.

espero que todos tenham tido um feliz natal.

eu vou ali descansar que daqui a pouco tenho um jantar de aniversário.

bom fim de semana.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

2015 a dar as últimas

tenho a sensação que este ano passou num piscar de olhos. e, no entanto, tanto coisa aconteceu.

à semelhança do que fiz num outro ano qualquer, hoje apeteceu-me começar este post. não sei se voltarei a ele, se lhe acrescentarei coisas. por enquanto, vai ficar assim. 

vamos a isto. em 2015:

- sofri durante três horas, até receber a sms que dizia "já nasceu. está tudo bem!". fui tia! percebi mais tarde que quando postei o primeiro, a cachopa já tinha nascido!

- vi, finalmente, Florence & The Machine.

- na semana anterior, fui, num instante, ao Alive ver Muse.

- há uns dias, fui ver David Fonseca.

- tive férias como sempre: programadas de acordo com as obrigações profissionais, que não me deixam ter 3 semanas de férias seguidas. ou 4.

- babei (e ainda babo) com o meu irmão a cuidar da filha. e com o sorriso dela!

- fiz uma das viagens dos meus sonhos que, graças à TAP, se realizou mais depressa do que imaginava.

- num momento de loucura, disse-lhe que sim. calma! ;) e abri-lhe a porta de minha casa. por falar nisto, podias pensar em fazer um "crónicas, um ano depois". eu sei, eu sei... sou doida!

- preocupei-me com a ausência de alguns bloggers. o que me faz lembrar que estou a dever uma resposta ao Roger (não está esquecido!).

- voltei a dar aulas numa escola profissional. a adolescentes. continuo a ter a certeza que o karma é fodido: sofro por tudo o que fiz aos meus professores. :)

- no meu ombro chorou a namorada do meu irmão. o que não foi necessariamente mau, já que fortaleceu muito a nossa amizade. foi uma das companheiras da viagem relâmpago ao Alive.

- continuo a acreditar que é possível haver um "nós"... mesmo quando me apetece desistir.

- pensei, pensei, pensei e avancei: fiz uma tatuagem.


- voltei a ir ver os jogos de futsal dos meus irmãos. chegou ao ponto de comprar uma t shirt do clube, de ir atrás da equipa aos jogos decisivos!

- fui escrevendo cada vez menos no blog. continua a haver uma linha que o separa da minha vida. o que é engraçado, tendo em conta ali aquilo de cima e o facto de há dias ter tido uma fotografia da tatuagem aqui. que, por acaso, mas só por acaso, era igualzinha à que tenho no facebook.

- troquei emails com a Pseudo, A Chata, o SOG, a Geri, a Sci, a Suri (quando voltas?), o Roger, o Observador. sem medo, acabei a assinar os mails com o meu nome. Se bem que daquela lista há quem saiba muito sobre mim! E outros há que são praticamente meus vizinhos. ;)



- ajudei a preparar uma festa surpresa. contrariada, é certo. mas fi-lo por ela e não pelo aniversariante.  infelizmente, o tempo comprovou a minha contrariedade.

- faltei ao ajuntamento da malta do curso. Nesse dia andava em Newark. Prioridades.

- depois desta, já voltei a ter outra... chamei cuscos aos meus vizinhos. Pelo menos confirmei uma suspeita de divórcio, de uns vizinhos que passavam a vida a discutir. de outro prédio. sim, ouvia na minha varanda e dentro da cozinha quando tinha as janelas abertas.

concluindo e resumindo: ri, chorei... vivi!


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

olha-me esta...

olha-me esta gaja, com uma cena igual à minha...


Foi-se a foto.



perdido por cem, perdido por mil...

amanhã apago isto.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

ontem percebi

que há 5 anos andava a começar a hiperventilar com as cenas do mestrado.

às vezes sinto saudades... das aulas, do convívio... não, não tenho tempo para isso.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

planos para este serão

tenho uma gaja na cozinha a fazer o jantar.

estou sentada no sofá... com um saco de água quente nas costas. nunca tive uma dor de costas assim...

também ali estão umas garrafas de vinho. para anestesiar...


segunda-feira, 23 de novembro de 2015

não é tão radical, mas...

ando a dar uma volta pelos posts antigos, já que a minha vontade de trabalhar é tão grande como a de, sei lá, cavar terra, coisa que nunca fiz na vida.

e bati neste post. diz que é uma tatuagem. mas só ficará à mostra de toda a gente lá mais para o verão, quando passar a usar calçado que não botas.

quer dizer... tirando a hidroginástica. e quem anda na hidroginástica? agri-mãe. já estou a imaginar! 

(só para que conste: gargalhadas!!)

terça-feira, 17 de novembro de 2015

serei normal?

ontem uma amiga perguntou, por sms, se podia ligar.

"espera. deixa só acabar de ouvir uma música dos muse e já te ligo."

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

de vez em quando passeio-me pela casa de saltos altos

se bem que nos últimos dias não tenho ouvido a loja do mestre André, nem os passarinhos a bailar...

apetece-me. só para se lembrarem que no andar de cima há gente.

sábado, 14 de novembro de 2015

deste mundo

confesso que esta noite, ao deitar-me, dei por mim a pensar se podemos dormir descansados...

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

o meu irmão vai formatar o meu pc

e ando a certificar-me que não fica qualquer vestígio da existência do blog.

ainda me vai escapar alguma coisa. de certeza.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

a sério?!

hoje recebi, melhor, a patroa recebeu, uma candidatura expontânea.

...
...
...
...

deves ter lido mal. vai lá ao email outra vez.

não. foi mesmo uma candidatura expontânea.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

se fossem a vizinha...

abrem a porta do prédio a um gajo, que tocou no esquerdo em vez de tocar no direito, a pensar que era o vosso irmão. abrem a porta de casa e ficam à espera. 

aparece um gajo com ramo de flores na mão, que toca na campainha do direito, e vocês à porta à espera, do vosso irmão.

nisto, a gaja do direito abre a porta, com copos de vinho na mão. 

e o cenário fica este: vizinha do esquerdo à porta, gajo com ramo de flores, gaja do direito com copos de vinho na mão. 20:30 de um sábado.

qual o filme que vocês faziam se fossem a vizinha do esquerdo? 

ah! o gajo, ainda por cima, trazia um saco na mão.



sexta-feira, 23 de outubro de 2015

puta de vida

ex-aluno da minha mãe, com 15 anos, pai morreu há uns anos com cancro. está internado no Pediátrico...Cancro no tórax. quimioterapia.

aluno meu, 15 anos. sofria maus tratos da mãe a ponto de ir parar ao hospital. tem mãe e pai, separados. dois irmãos. um com a mãe, outro com o pai e ele institucionalizado...



quinta-feira, 15 de outubro de 2015

terça-feira, 6 de outubro de 2015

suponhamos

o vosso telemóvel, quase, quase, com 1 ano começa a passar-se da mona. está, portanto, dentro da garantia.

sabem que há malta a queixar-se que, da assistência à marca, usam muito a desculpa da "humidade".

têm seguro que cobre queda.

o que é que vocês faziam?

eu? não! é para uma amiga! :p



precisava de férias

para descansar das férias da semana passada.

adorei NY.

para voltar.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

babel

Dizia, ainda agora, a jornalista da SIC que a polícia húngara só fala húngaro. Muita da confusão deve-se à Babel por lá instalada. 

Se nem em Budapeste, com turistas por todo o lado a polícia fala inglês, quanto mais na fronteira... Isto digo eu! Que já me vi numa esquadra da polícia de Budapeste sem que percebessem o que dizíamos. E sem fazerem o mínimo esforço...

Se o esforço for o mesmo... Ah, não! É mais fácil atirar gás pimenta!

terça-feira, 15 de setembro de 2015

ainda não vos disse que vou voltar a vender aulas...

2 turmas de cursos profissionais, 3 disciplinas.

trabalha, agri!!!


ou quem corre por gosto, às vezes também (se) cansa.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

sem filtro

11/09 é a data prevista para a chegada de uma família síria.
se por um lado fico orgulhosa por as instituições estarem disponíveis para este processo, por outro, ao ler os comentários às notícias, fico apreensiva. por aqui também há mentes pequeninas, também virão os (tristes e ignorantes) comentários "para ajudar os de fora há dinheiro, para os de cá não" e, parece-me que as diferenças culturais e religiosas, numa primeira fase, deixarão estas mentes pequeninas de cabelos em pé. 
não consigo imaginar o sofrimento dos milhares de pessoas que arriscam a própria vida, para fugirem da guerra, de viver, sabe deus, em que condições. 
e a quem critica e ataca o acolhimento, e se fosse a vossa família? e se fossem os vossos filhos, sobrinhos?

espero que aqui encontrem alguma paz de espírito.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

banho de realidade

nunca tinha entrado no novo, mas em 2 semanas já lá fui 3 vezes. 

percorrer aquele corredor, deparar-me com algumas daquelas crianças, saber histórias que nos deixam o coração apertado...

C., quase 10 anos. não tem pais, nem irmãos, nem tios, nem avós. apenas uns padrinhos idosos, que não estão à cabeceira da sua cama. o hospital pediátrico é a casa dela...

hoje vim de lá feliz porque a minha vizinhita está a melhorar, porque lhe fiz um bolo de aniversário e lhe cantámos os parabéns! mas o meu coração veio apertado, apertado.

a ideia do voluntariado continua na minha cabeça. falta alguma coisa para o pontapé de saída.

hoje a minha mãe, antes de sairmos, disse à vizinhita e à M., amiguinha dela, colegas de escola, ambas ex-alunas delas, que gostava de ir dar aulas àqueles meninos...

terça-feira, 18 de agosto de 2015

dez da noite e quem toca à minha campainha?

olho para o vídeo porteiro e a primeira coisa que vejo é... um carro da GNR!

o senhor agente enganou-se. era no do lado.

filme na minha cabeça: queres ver que a gaja bazou, levou o puto e a bófia anda à procura dela?!



segunda-feira, 17 de agosto de 2015

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

terça-feira, 11 de agosto de 2015

dos meus pais

andam a passear e há pouco a minha mãe ligou-me. ouvi o meu pai a dizer que estavam a passar junto à Ermelinda.

e ele está à espera de quê para ir lá, perguntei à minha mãe.

ouvi logo outra passageira a dizer "também nunca lá fui! até que podia ser!"

e tragam carregamento se chegarem a lá ir.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

segunda feira

não, agridoce, não está nublado, nem tens os olhos com problemas.

é mesmo um manto de fumo que envolve a zona...

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

ultimamente meto nojo que até faz impressão...

a conversa é mais ou menos a mesma com toda a gente. qualquer coisa do género:

então e quando vais de férias?

férias, férias? daquelas de ir para longe daqui, de não ir até à praia aqui perto?

sim.

lá para setembro.

ai é? então e este ano vais onde?

Nova Iorque.

de repente sinto olhares fulminantes na minha direção... mas ainda fica melhor o "mete nojo".

vais onde?????

Nova Iorque. recebi um voucher de 400€ da tap, da seca que me espetaram em setembro do ano passado.

RECEBESTE O QUÊ??

um voucher.

reclamar tem destas coisas. quando já não esperava resposta alguma, com a  privatização em andamento, recebi um presente de aniversário antecipado. viagem há muito em cima da mesa. entusiasmo, muito entusiasmo!





terça-feira, 4 de agosto de 2015

domingo, 2 de agosto de 2015

hoje a olhar para o mar e a ver pessoas a fazer kitesurf...

... o meu pensamento levou-me a viajar a 22 de agosto de 2014.

se no ano passado me atirei de uma avioneta, a 1400 metros de distância do chão, para o céu de Braga, que raio é que eu vou fazer ainda este ano, que seja do estilo "a sério, mas tu saltaste mesmo de páraquedas?!"

é que não sei mesmo.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

quarta-feira, 22 de julho de 2015

quantos?!

estava a olhar para a televisão e...

espera lá! quem? o quê? 20 anos?

estou a falar daquela loja que tem uns amendoins torrados com mel, que costumam saltar para o meu carrinho, cujo nome começa por l, termina em l e no meio tem id.

20 anos?! vou ali deprimir e já volto...

terça-feira, 21 de julho de 2015

...

ando triste, chateada, cansada, com vontade de dar um murro na mesa e ser racional. vontade de abanar pessoas e perguntar-lhes que caralho é que querem para a vida, que não têm tomates para assumirem aquilo que querem e que não querem e dão as desculpas mais idiotas que já ouvi...

e agora vou aoalive, mais ao super bock super rock, e mais as festas da terriola. e saio com a minha malta, programo viagens lá para fins de setembro com as amigas, que metem uma cidade que nunca dorme (olha agora sorri a lembrar-me disto), fins de semana, vou para os copos, rio, dou gargalhas.

e está tudo bem. 

aparentemente.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

hoje devia ser sexta ou amanhã ser feriado...

depois de Florence, de uma noite pouco dormida, devia era chegar a casa e ficar sossegada a pôr o sono em dia.

pois.

as festas do município onde vivo começaram na sexta e vão durar esta semana (quase) toda. há programa musical todos os dias, tasquinhas, copos de sangria... e afins.

ontem já passava da meia noite quando recebi a seguinte sms:

"para quem só ia jantar e depois ia dormir, até que te estás a aguentar bem."

pois, se eu tivesse dito aquilo a alguém e depois tivesse a lata de estar a enviar fotos de tripas com chocolate e de pasteis de tentúgal...




sábado, 11 de julho de 2015

queres festa?

hoje vou (tentar) fazer noitada de trabalho.

com um separador aberto na emissão da rtp do nos alive.

como me disse ontem a minha mãe "quem quer festa, sua-lhe a testa."


não fosse o Roger

e ontem tinha adormecido no sofá, convencida que o concerto destes senhores não dava na RTP. muito esforço para me manter acordada. muita pena de não ter lá estado. restou-me o consolo de já os ter visto no Coliseu, em 2013.


p.s.: foi ele que me avisou que, afinal, M&S passava na RTP. já te agradeci! :p

quarta-feira, 8 de julho de 2015

terça-feira, 7 de julho de 2015

nunca mais é 5a...

Tudo pronto e com bilhetes na mão. Finalmente. 

Sábado e domingo alguém vai ter de compensar no trabalho... 

Não se pode ter tudo. E o melhor mesmo é termos conseguido bilhete para todas. 

Muse, aqui vamos nós! 

segunda-feira, 6 de julho de 2015

sábado, 4 de julho de 2015

30 anos

lembro-me perfeitamente como se fosse hoje... de irmos levar a minha mãe a Coimbra, à clínica.

hoje o meu irmão mais velho faz 30 anos.

não sei como seria a minha vida sem ele. diferente, certamente.

como é que é possível que tenham passado 30, 30 anos? parece mesmo que foi ontem...

terça-feira, 30 de junho de 2015

nada como dar um coisinha má ao pc

para sacar toda a informação importante, da qual necessito MESMO, para poder trabalhar...

não te cuides, não

estava na minha vida... ah! o antibiótico, esqueci-me.

chego à cozinha, encho um copo com água, bebo-a e volto para o que estava a fazer.

caraças, pá! esqueci-me de tomar o antibiótico.

já não sei se é defeito, se é feitio. e não, do meu quarto à cozinha não são centenas de metros de distância...

será de mim?

ajuntamento de malta do curso, do meu ano e até 3 ou 4 anos depois de mim...

às tantas, no meio do texto "venham mostrar os vossos rebentos".

e quem não tem rebentos? falhou na vida?

já sei!! TPM. é isso!!!

calha bem: amiguinhos (falsa!), não contem comigo. a menina nesse dia vai estar fora do país.

segunda-feira, 29 de junho de 2015

hoje aprendi uma coisa fantástica...

19 - 1 = 18

(dei por mim a olhar para os gregos a tentarem levantar dinheiro e a pensar que poderíamos ser nós...)

deste fim de semana

sexta: dia normal, sempre com lenços à mão. ao fim da tarde, aveiro e sempre uma (puta) de dor de ouvido a acompanhar-me na viagem. noite muito mal dormida, graças à tosse.

sábado: almoço e vamos a despachar, o melhor é beber, que chego a casa e vou para o centro de saúde e saio de lá com antibiótico. a sangria do almoço anestesiou... centro de saúde e toma lá antibiótico que esse ouvido não está bom, não. 

sábado à noite: amiga e marchas populares, pronto vamos lá, mas eu só posso beber água, ouviram? e o raio do ouvido e o brufen... a gaja já marchou, vamos mas é marchar daqui para fora que eu não me aguento. amanhã? sim, vamos à praia...

domingo de manhã: ah e tal, acordei para tomar o antibiótico, mas preciso de dormir mais. vamos só à tarde? dorme lá. praia e vento... água gelada. nada de mergulhos... molhar os pés e entreter as crianças.

domingo à noite: podemos voltar a sexta mas sem a constipação, a tossee a dor de ouvidos? e o antibiótico, claro!

ah... viagem das férias com as amigas marcada, reservada e confirmada. obrigada, tap, pelo teu voucher lá do atraso do ano passado. 


quarta-feira, 24 de junho de 2015

estava capaz de mandar uns shots de qualquer coisa para dentro...

a constipação não melhora, ora tenho calor, ora tenho frio. dorzinha no ouvido, garganta inflamada, nariz entupido...

arre. nem a sangria de ontem ajudou.

quando eu viver em tua casa...

- vai haver sempre pão, batatas fritas e sumo (mas há sempre pão...congelado, mas há)
- há o dia do pecado alimentar (para ele, todos os dias são dias de pecar)
- tens de me dar o teu salário todo para eu gerir a casa (havia se ser lindo!)
- a secretária tem de ter espaço para mim (nunca disse que não)
- quero televisão na cozinha e no quarto (só cedo num sítio...)

depois soube que estava a aproveitar o assunto para escrever no blog:
- saio quando quero e bem me apetece 
- vou tomar café com os amigos quando me apetecer
- tenho direito a uma vez por semana sair com quem quiser e chegar à hora que me apetecer.

E eu lembrei-me de uma anedota...
Pois que nesse dia, é dia de sexo. Quem está, está. Quem não está, estivesse!


segunda-feira, 22 de junho de 2015

pode ser só impressão minha

mas as diferenças de temperatura, vão dar cabo de mim...

entre a rua e o carro. principalmente no sábado.

este fim de semana estive com a minha sobrinha de coração

desde que a mini nasceu, este foi o período mais longo que estive sem a ver: dois meses. 

de cada vez que falava com a mãe ao telefone e ela queria falar comigo a pergunta era sempre a mesma: "tia, quando vens cá?". a vida fez das dela e mudaram de casa e de cidade. "tia, quando vens à minha casa nova?"

sexta lá fui, um bocadinho mais a norte do que era costume. mini gaja passou a tarde a perguntar se demorava muito para eu chegar. depois não me largou mais. quando lhe mostrei fotos da agri-niece dizia "é muito fofinha, tia, é tãããooo fofinha. é tão bonita, tia." passou o fim de semana a pedir para lhe mostrar "fotogafias".

pelos vistos adora bebés. ainda olhei para a mãe dela, comecei a rir e só ouvi "não lhe dês ideias!".

a mini-gaja é filha da minha melhor amiga e não tenho dúvida nenhuma que ela gosta de mim como se fosse tia de verdade dela. 

sexta-feira, 19 de junho de 2015

com este calor

já traziam o gin, não??


já depois de ter escrito isto, pediram-me um conselho: alguma coisa para a TPM. respondi álcool...

quinta-feira, 18 de junho de 2015

não fosse amanhã dia de trabalho...

e era uma boa noite para estar na varanda de copo na mão. gin.

(SOG, se leres isto, sim que ele não lê os meus posts todos, não venhas para aqui reforçar a imagem que o meu facebook de vez em quando passa!)

sábado, 13 de junho de 2015

carrinho de compras

fraldas para recém nascida.

livros de actividades, indicados para 4 anos, e lápis de cor.

2 garrafas de vinho.

os dois últimos conjugados, mais a criança de 4 anos, iam dando cabo de mim...

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Lembram-se de...

Num desafio que me fizeram, eu ter dito que tinha lido isto na Dica? 

Finalmente, a publicidade vem na edição desta semana. Claro que é sem nomes. Não me pagam!! 

terça-feira, 9 de junho de 2015

55.000 a dividir por...

primeiro raciocínio: 55.000/500 = 110 notas. era coisa para passar despercebido.

se foi denunciada pelo peso da mala... mas trazia aquilo em quê? notas de 5€?

realmente pagar um café com uma nota de 500€ é capaz de não dar grande jeito.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

da vida

há pessoas cujo poder de encaixe é tão grande como a vontade que hoje tenho de trabalhar...

sábado, 30 de maio de 2015

eu disse que era antes de almoço...

e pronto! já sou tia!!!

tinha a minha vida organizada...

acabava o trabalho de manhã e à tarde ia, literalmente, para os copos (prova de cervejas) com a minha malta.

às 8:15 da manhã recebi uma sms que já não me deixou dormir mais. estou no escritório mas a minha cabeça não. a minha mãe já teve um ataque de choro, está super ansiosa e eu, que estava calma, depois de falar com ela estou para aqui a olhar para umas contas e não vejo o que quer que seja.

com sorte, agri-niece está cá fora antes da hora de almoço.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

disto de mudar de vida

um dia passo-me de vez...


Há maneiras estranhas de acalmar

Noite, estrada, música mais alta do que os meus pensamentos... 

À medida que a distância de casa diminui, o volume vai baixando e a velocidade também. 

Como se a viagem tivesse sido sempre feita com a mesma calma com que entro na minha rua. 

quarta-feira, 27 de maio de 2015

noite 2

este ano a coisa correu-me um bocado mal...

2.ª noite a fazer horas extraordinárias. 

domingo, 24 de maio de 2015

foi o primeiro fim de semana de maio em que não meti os pés no escritório

ontem o dia foi para apoiar os manos, no jogo da final. de quê? então, de futebol. sempre disse que a malta é doente da bola. aproveitei e fui passear a um sítio onde não ia há anos, mas do qual gosto bastante. e depois fui vê-los a levar: pancada e golos. 

hoje o dia foi para os amigos. entre muitas coisas, andamos no meio da natureza. 


há dias que me preenchem o coração e a alma... este fim de semana foi assim!

quarta-feira, 20 de maio de 2015

de alguns segredos do shiuuuu

se não são felizes nos vossos casamentos, se voltariam atrás no tempo e recusariam pedidos de casamento, se olham para a outra pessoa e o que sentem é nada...

já ouviram falar em divórcio???

ah, espera... e ter de dizer ao mundo inteiro, ter a família a perguntar porquê, ficar sem um carro, viver com menos, ter medo das perguntas dos outros... tentar ser feliz, enfrentar o receio da solidão? 

sim, realmente mais vale ser infeliz o resto da vida. e manter a vida de fachada.

domingo, 17 de maio de 2015

conversas

cenário: bancadas de um qualquer pavilhão gimnodesportivo de Portugal.

hora: após final de jogo de futsal, já com bancadas praticamente vazias.

intervenientes: agri e agri-mãe.

- mas o que é que o gajo queria?
- pedir desculpa.
- de quê?
- sei lá, de alguma caralhada qualquer que mandou durante o jogo.
- o que é que tu disseste?!!!

alguém adivinha as minhas falas e as da minha mãe?!

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Boneca, anda cá ver isto!

Na mesma semana dois desafios! A culpa deste é da Boneca. Qualquer coisa, reclamem com ela!

Pelos vistos, devia falar sobre mim. Já expliquei no post anterior o motivo pelo qual não o faço.


Vamos lá a isto.


Cidade Portuguesa Preferida? 

Aveiro.

Avião ou Barco? 
Avião.

Peça Preferida : Saia, calças ou vestido? 
Calças.

Se eu ganhasse o euromilhões... 
Resolvia a vida a muita gente. Dava a volta ao mundo.

Salto alto ou raso? 
Raso.

Flor preferida? 
Não acho piada a rosas. Tulipas, gerberas, margaridas.

Fruta preferida? 
Só uma? Melancia, cerejas, morangos...

Humor ao acordar? 
Deixem-me acordar em paz...

Bebida preferida? 
Água? Pronto... Licor Beirão. Gin. 

O que gostavas mesmo, mesmo de experimentar? 
Assim de repente? Conduzir a alta velocidade numa pista, sem risco de ser fotografada por umas coisas chamadas ProVida... 


Esta coisa dos "preferidos" para mim sempre foi muito complicada...

para ser diferente

então, este fim de semana, o que vais fazer, agri?

trabalhar.

este mês de maio dá cabo de mim...

quarta-feira, 13 de maio de 2015

desta vez foi o Tomates que me lixou...

(com um título daqueles, é para desconfiar...)

depois da Linda Porca, eis que o Tomates e Grelos resolveu desafiar-me. 

supostamente teria de dizer 11 coisas sobre mim (já disse), responder a 11 perguntas que ele fez e deixar o mesmo número a 11 felizes nomeados (já fiz). 

vou responder só às perguntas dele, para lhe mostrar que, quando quero, consigo desviar assunto. ou não. veremos.

1 – Preferes chupar ou lamber?
depende... fico sempre com a sensação que se lamber ou chupar um gelado, por exemplo, haverá sempre uns olhares na minha direcção. 

2 – Gostas mais sentada ou deitada?
Não dá muito jeito responder a desafios, escrever no computador, deitada. 

3 – Já te filmaste a foder?
Na minha cabeça faço muitos filmes, realmente faço.

4 – Já te viste a foder?
Já pois: já me vi a foder o carro, o pc, telemóveis contra paredes, copos contra o lava louça, pessoas com o meu mau feitio... acho que nunca disse que o roupeiro do meu quarto é todo em espelho. só para saberes pormenores da minha casa.

5 – Qual o diâmetro (aproximadamente) do maior pénis que te penetrou?
Não costumo andar com réguas atrás... 

6 – Qual o comprimento (aproximadamente) do maior pénis que te penetrou?
Sabes aquela história de que as gajas não conseguem estacionar porque sempre lhes disseram que ------------ eram x (não me lembro) centímetros?

7 – Qual a frequência ideal para ter sexo, em vezes/semana?
Tantas quantas quiseres!

8 – Qual o número máximo e simultâneo de pessoas com quem tiveste relações sexuais?
Também contamos com os que lá estariam em pensamento?

9 – Já te envolveste sexualmente com uma mulher?
Já imaginaste que uma de nós, das tuas nomeadas, pode ser lésbica e que esta pergunta não faria qualquer sentido? Porque não escreveste "... um/a homem/mulher?"

10 – Para onde me levavas e uma vez chegados, o que é que me fazias?
Pergunta difícil. Levava-te a um sítio público qualquer... para ser mais fácil sair. Abandonava-te, está visto...

11 – Como é que me imaginas fisicamente? 
No mínimo com 1 metro de oitenta. De altura, claro.

Tomates: e que tal responderes às tuas perguntas lá no teu blog?!


sábado, 9 de maio de 2015

daquilo dos U2 virem cá no próximo ano

- agri, para o ano vais ver o concerto dos U2?

- já tinha pensado nisso.

- quero ir contigo. atenta aos bilhetes.

o título do post também poderia ser: como a minha mãe ainda me surpreende.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

hoje tive reunião de condomínio

fiquei a saber que na rua tem havido assaltos a carros. quer dizer a um modelo específico: opel corsa mais antigo. alguém anda a precisar de peças.

aquele vizinho do prédio da frente, o que fala aos gritos, que me obriga a fechar as janelas nas noites de verão (já falei sobre isto), passa a vida a trocar de mulher. e mete-se com a vizinhança toda. até já pediu ao meu vizinho de cima se lhe ia abrir a porta com uma radiografia... 

este pequeno condomínio já assistiu a casamentos, nascimentos, putos com carta, putos na universidade. também já assistiu a divórcios e parece que vem mais um... 

também fiquei a saber que um dos vizinhos, polícia, já foi chamado a um prédio por causa de uma discussão entre vizinhos. motivo? um cão de louça. eu e outra vizinha cantamos logo Rouxinol Faduncho!

este condomínio é pequeno. até hoje, nunca nos desentendemos, nunca houve confusão, nem telefonemas à polícia. as nossas reuniões acabam sempre à gargalhada. espero que assim continue.

isto é que é confiança. ou preocupação.

trim, trim, trim... estava a dar na cafeína, não dei conta do telelé tocar. estava sem som. se calhar foi por isso.

uns minutos depois, duas chamadas.

agri-júnior 1 e agri-gajo têm o mesmo nome e aquilo ia correndo mal. ligo para o primeiro que aparece e nem dei conta do que estava a fazer.

o diálogo foi este:

- (a pensar que estava a ligar para agri-gajo) então, tinhas ligado?

- onde é que estás? já está em terra xpto?

- (é pá, este é o agri-júnior). sim, porquê?

- está um preto mágico capotado à saída de terra abc e  acho que as letras da matrícula são XY.

- à saída?

- sim, à saída para ti. e bem capotado que ele está! pronto, está tudo bem, então. até logo, beijinhos.

- xau, beijo.



segunda-feira, 4 de maio de 2015

decidi ficar quietinha...

depois de ter espetado com o portátil no meio do chão, estava decidida a ver um filme.

ah e tal, tabuleiro com o jantar na mão, gaja a olhar para a televisão, copo a inclinar-se, mão a tentar equilibrar o tabuleiro, outra a tentar apanhar o copo, ai que vou ficar sem o jantar estatelado no chão...

tenho a carpete da sala ensopada em sumo. antes isso do que em vinho tinto. devia custar mais a sair.

agora estou sossegada a olhar para a tv. a tentar não dar cabo de nada...

algum dia tinha de acontecer

deixei cair o portátil...

tive uma sorte do genital masculino!!

funciona, está inteiro... ufa!! até deixei de respirar por uns segundos.

se está no facebook é porque é verdade

só porque a mãe da minha sobrinha pinta umas fraldas por encomenda, que partilha no seu facebook, e porque uma era para uma Matilde, a minha prima, que está a milhares de quilómetros de nós, que não fala com o meu irmão, disse à minha tia que a minha sobrinha se vai chamar... Matilde.

o que tem mais graça? os pais da minha sobrinha não abrem a boca.

ontem o meu irmão ainda me disse: "a princesa já nasceu e também não sabes!".

realeza, portanto!


domingo, 3 de maio de 2015

chamem-me insensível (em menos de uma semana, já vou na segunda vez)

hoje, com estes dois que a terra há-de comer, ou o forno queimar, vi:

- a menos de 1 km do local do atropelamento mais falado do dia, dois peregrinos a atravessarem a estrada num local com um separador central de betão; eram praticamente 8 da tarde;

- a uns 3/4km, a mesma coisa: um grupo e um separador central de betão, por volta do meio dia e meio.

tudo a saltar barreiras!

este ano ainda não tive de ir quase na outra faixa, em contra mão, para deixar espaço para os peões porque vão aos 3 e 4, ou mais, lado a lado, em amena cavaqueira.

lamento profundamente o que aconteceu nesta madrugada de sábado.

tem dias que parece que os peões se esquecem de onde vão.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

terça-feira, 28 de abril de 2015

humor negro. muito negro.

correndo o risco de ser mal interpretada, porque vocês não me conhecem verdadeiramente... aviso já que os meus amigos dizem que sou irónica, sarcástica...

com tanta notícia de homens que matam ex-mulheres...

é uma sorte nunca ter levado um tiro.

pronto, batam-me todos, que sou uma insensível. não sou. às vezes dá-me é para coisas parvas. muito parvas.

poderia dizer que...

... tem tudo para dar certo, mas também tem tudo para dar errado.

espera. a vida também é assim.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

a sério? é só uma série!!!

a propósito da morte do Derek.


desde sexta feira que sonho de olhos abertos

tendo em conta que na sexta feira fui informada que vou ser compensada por um atraso de uma viagem de avião, em travel voucher, ainda não parei de sonhar. 

e o booking sempre a ajudar à festa. 

ainda bem que as férias deste ano só estavam em brainstorming!

domingo, 26 de abril de 2015

nota mental

quando tens lentes de contacto, não deves esfregar os olhos como se não houvesse amanhã. corres o sério risco de ficar com uma lente na mão.

qualquer palavra mal escrita a culpa é da lente que caiu, que ainda por cima foi a do olho que vê pior. 

sexta-feira, 24 de abril de 2015

será o princípio do fim?

primeira coisa (exagero, claro) que dei conta hoje de manhã? no episódio de ontem de anatomia de grey mataram o Derek.

e não me batam porque está em todo o facebook. até na cnn já vi! 

segunda-feira, 20 de abril de 2015

para uma coisa serviu

o facto de um dos meus irmãos a a namorada terem passado uma fase menos boa, teve uma coisa positiva.

eu e ela ficámos muito mais amigas.

ficam assim eliminadas as probabilidades de fazer a vida negra às gajas dos meus irmãos. pelo menos com as actuais.*


* quem lê isto há mais tempo, poderá lembrar-se que já escrevi sobre isto e que prometi a mim mesma não lhes fazer o que um dia me fizeram. mas se merecerem... ;) 




sexta-feira, 17 de abril de 2015

das palhaçadas do facebook

ainda estou a rir à gargalhada... (isto é um link)

"jamais ficará calada se puder falar."

por agora, calo-me... e mais uma gargalhada!!

já vos aconteceu ficarem a pensar na vida?

na quarta feira, em menos de uma hora, fiquei a saber que:

foi diagnosticado um cancro ao pai de um colega meu
e
o pai de outro teve uma ataque qualquer que o deixou amnésico.

portanto, os filhos (os meus colegas) têm precisamente a minha idade. 

e depois fiquei a pensar nos meus pais... 


quinta-feira, 16 de abril de 2015

À espera

Numa sala de espera para fazer um exame de rotina...

No andar  de cima há obras. Marteladas desde que cheguei. 

Nas cadeiras em frente, dois  velhos conhecidos que já não se viam há muito tempo. Já falaram da família, do passado profissional, de viagens, de favas, de chícharos, de acupunctura... 

Eu? Eu continuo à espera da minha minha vez... 

terça-feira, 14 de abril de 2015

finalmente acertaram

chuva e trovoada!

era de aproveitar e ir lavar as varandas.

Já estou um bocado cansada...

De estar fechada num auditório, a ouvir coisas que só interessam a gente... Doida? 

Tem dias que me apetece mudar de vida. 

segunda-feira, 13 de abril de 2015

quarta-feira, 8 de abril de 2015

estou dividida

entre

separar faturas, juntar e preparar tudo para logo no dia 1 de maio submeter a declaração de IRS

ou

ver o último episódio disponível online de The Good Wife.

não sei que faça.

terça-feira, 7 de abril de 2015

mesmo sabendo, de cada vez que acontece fico baralhada

uma amiga tem uma amiga com o mesmo primeiro nome que eu. e o último.

e?

mural do facebook: agridoce xpto gosta da publicação da minha amiga.

agridoce (eu) pensa: hã??? como é que eu gosto disto se estou a ver agora? 

2 segundos depois... ahhhh! é a outra! parece que a outra também tem dias que fica baralhada!



segunda-feira, 6 de abril de 2015

a Linda Porca lixou-me...


vamos a isto, que não prometo ser fácil.

a cena consistem em (ctrl c, ctrl v; não tenho roupa na lixívia mas tenho de me despachar que não tarda quero ver CSI Cyber e ainda tenho umas cenas da escola para corrigir):

  1. Escrever 11 factos sobre nós próprios.
  2. Responder às perguntas que nos colocaram.
  3. Nomear 11 blogs com menos de 200 seguidores.
  4. Fazer 11 perguntas a esses blogs nomeados.
  5. Colocar a foto do Liebster Award no post e respectiva tag.
  6. Enviar o link do post a quem te nomeou.

Falta a imagem:




Que trabalheira... se calhar isto fica com bué de tipos de letra e tamanho, mas até é bom que quebra a monotonia, já que alguém se queixou que o tasco não tem fotos...

1 - ao contrário do que a Linda Porca parece andar convencida, eu não sou do norte; aliás, tudo quanto é abaixo do Douro, já é mouraria, incluindo eu. mas o meu norte, o meu ponto de equilíbrio está lá, a norte, acima do Douro. era gaja para ser feliz se vivesse no norte. não que aqui (algures entre o Vouga e o Nabão) não seja!.

2 - nunca levei pontos, mas em compensação já usei gesso 5 vezes. nem vale a pena contar que a última vez estava numa discoteca quando lixei, pela terceira vez, o tornozelo esquerdo... já lão vão... olha, faz 18 anos este mês!

3 - quando o agri-júnior 1 era pequeno, achei que era boa ideia agarrar num pimenteiro e salpicar a chupeta dele. na altura, o gajo já abria torneiras, mas não abria portas. fechei a porta da casa de banho para garantir que não ia à torneira do bidé. está bom de ver que levei umas palmadas.

4 - ainda não tinha um ano e a tendência para as quedas já cá estava. diz a agri-mãe que fui por umas escadas abaixo. zero arranhões, zero negras, agri sempre ok. o gesso começou mais tarde.

5 - em agosto passado, atirei-me de uma avioneta a 4200 m de altitude. agri gajo também lá estava. em setembro, em budapeste, fui gozada por estar a olhar para uma roda gigante e a dizer "não sei se me apanham lá!".

6 - quando andava no secundário, depois de ter sido apanhada a jogar à batalha naval, tive a lata de dizer "deixe-me só afundar o porta-aviões, que acabei de descobrir a posição dele." não, não fui parar ao olho da rua.

7 - já virei um fogão e fiquei fechada dentro do seu forno. não sei quantos anos tinha, mas também era muito pequena. agri ok, fogão com uma esmurradela.

8 - quando agri júnior 2 já percebia como era a vida (devia ter uns 3, 4 anos, ele) andei muito tempo a dizer-lhe que era adoptado. se reparasse bem, ele era louro e eu e o mano não. tadito, fartava-se de chorar. um dia, levei umas palmadas, claro. remédio santo.

9 - sou a irmã mais velha e tenho 6 e 8 anos de diferença para cada um deles. o que significa que ali no 8 já tinha mesmo idade para ter não andar com aquelas merdas para o meu irmão. não consigo imaginar a minha vida sem eles. mesmo sabendo, que do alto dos meus 5 quase 6 anos, cheguei a dizer "quando o mano nascer, vou deitá-lo no caixote do lixo!", síndrome de filha, neta e sobrinha única. mimada, pá.

10 - o meu segundo nome é isabel. ainda, hoje, quando a minha mãe diz agridoce isabel com aquele tom de voz, das duas uma: ou está para me chatear, ou vem lá merda.

11 - estou a ficar demasiado igual à minha mãe. fisicamente, somos mesmo muito parecidas e várias vezes me tiraram pela pinta. umas amigas minhas dizem que se quiserem saber como serei daqui a uns anos, basta olhar para ela. no sábado, assustamo-nos, verdadeiramente, as duas. sem nada combinado, as duas, em simultâneo, com o mesmo tom de voz dissemos ao meu pai "não sejas chato!". combinado não seria tão perfeito! 

Agora as perguntas da Linda Porca... lol.
1 - Como é que vieste aqui parar?
Estava sossegada a ler blogs, fui ao teu e vim dar nisto do desafio... era domingo de páscoa.

2 - Onde é que achas que isto vai dar?
não faço ideia, mas desconfio que vai dar asneira e confusão. e eu quero estar lá. agri confusão é um dos meus nomes.

3 - Diz-me como te relacionas com a bicharada.
sou a única pessoa a quem a gata da minha melhor amiga não bufa. não tenho. faz-me confusão ter animais presos num apartamento. porque em casa dos meus pais eles andam à vontade e cresci assim, com a bicharada solta. 

4 - Diz-me o que é que tens à cabeceira.
então... o candeeiro. nada de especial. tento ter pouca tralha, para ter mais espaço para o pó, não vá ser preciso escrever recados nos móveis.

5 - Qual foi o momento mais idiota da tua vida?
ainda está para vir!! ;) aquele em me senti mais idiota? Quando senti que não pertencia onde quer que fosse...

6 - Qual a tua técnica preferida para sair de cena?
Virar costas. Fala prái!!

7 - Quando precisas mesmo de ter tomates para enfrentar uma sit, o que é que fazes?
Se fiz asneira, começo logo a dizer "eu arco com as consequências". Tem corrido bem. De uma maneira geral, ando às voltas, respiro fundo um milhão de vezes e depois atiro-me à situação. entre mortos e feridos, hei-de escapar. entretanto, sou gaja é para já ter gritado com toda a gente à minha volta, ter chamado nomes à mãe de alguém, mas depois da fúria é ir à guerra e tentar não apanhar.

8 - Tens mesmo que desligar uma chamada de telemóvel, mas a outra pessoa, com quem não tens intimidade nenhuma, não se cala. Agora conta lá.
Estou aqui com um cliente, será que podemos falar depois? 

9 - Estás aflitinho/a para cagar em plena primeira vez com alguém. Agora desemerda-te.
Assim que não dá mesmo para aguentar? Então, tenho de arranjar uma desculpa qualquer para me fechar na casa de banho... 

10 - Vai um touro a correr atrás de ti escadas acima. O que é que fazes?
Depende! Entro no elevador? Começo a descê-las com esperança que ele tropece e caia? Mas que raio anda um touro a fazer atrás de mim?

11 - Conta-nos tudo, não nos escondas nada. A mim dá-me miminhos, mas graxa não, a menos que seja azul.
Foda-se, Linda Porca, que isto dá uma trabalheira... E ainda tenho o trabalho das cachopas para rever! Mas gosto assim mesmo muito de ti e escreves tão bem, tens posts tãoa comoventes! Tenho a certeza que és uma grande mulher.

E agora as minhas perguntas para os pobres desgraçados que irei escolher:

1 - Por que é que perdes tempo a ler o meu blog?
2 - O que precisas para ser feliz?
3 - Se ganhasses um dos Audi da factura da sorte, o que lhe fazias?
4 - Se o mundo estivesse para acabar, o que quererias fazer antes da explosão final? 
5 - Do que realmente tens medo?
6 - A tua vida é aquilo que imaginaste quando eras pequeno(a)?
7 - Sabes que um motel é um hotel com garagem? Sério, vi uma publicidade na Dica que dizia isso. Já foste a algum desses hotéis?!
8 - O que te corta o interesse num(a) homem/mulher?
9 - O que mudarias na tua vida?
10 - E se ganhasses o euromilhões?
11 - Tens alguma pergunta para me fazer?

E quem vai chamar-me nomes, quem vai? E quero lá saber que não tenham menos de 200 seguidores... As regras são para quebrar!











SOG (só para insistir com o gajo!)

Finalmente!! Acham que vi o CSI Cyber?!





eu não sou uma pessoa normal #1

ontem não publiquei fotografias no facebook com os meus afilhados.

e sabem porquê? porque ninguém teve a brilhante ideia de, até hoje, me convidar para madrinha das crias. facto que eu agradeço, do fundo do coração. o que só prova que vivo rodeada de pessoas com bom senso!

isso e porque se os tivesse, não publicaria fotografias dos filhos dos outros.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

e quando dizes "sim" tens de te lembrar...

que haverá lindas tardes de sol e calor, em que ficarás fechada em casa a corrigir trabalhos, cuja versão final é entregue de hoje a uma semana, para que as tuas alunas possam ir estagiar para Inglaterra e Espanha. 

no meu tempo não era nada assim...

quarta-feira, 1 de abril de 2015

ou é peta de 1 de abril ou...

agora que supostamente já se sabe que foi uma explosão numa pedreira em Sesimbra...

vocês, aí dos arredores, que apanharam um valente cagaço, estão todos bem? 

1 de abril de 2013

dois anos.

dois anos a viver sozinha, numa casa que não foi pensada com esse fim. dois anos sem que isso me incomode minimamente. 

dois anos a encher a casa de novas memórias.

balanço positivo, como seria de esperar.

terça-feira, 31 de março de 2015

não foi tudo de férias como parece

realmente é lixado.

acabado de receber:

porra mas tá td a gente a trabalhar?!?!

ninguem pra beber um fino e tal

segunda-feira, 30 de março de 2015

3 dias

sem café. 

mas aquela pausa a meio da manhã? experimentei descafeinado. tudo tranquilo, nada de me sentir zonza.




conclusão...

aquilo da quinoa? primeiro estranha-se...

acho que ainda não se entranhou.

agri chef

depois de ontem ter feito puré de curgete, hoje estou a cozer quinoa.

a ver vamos.

e o sol?


onde está? 10,5 graus há 20 minutos atrás... 

domingo, 29 de março de 2015

mudança da hora

faz-me muita confusão, porque ainda agora me levantei e não tarda são 4 da tarde. o dia parece que voa ainda mais rápido!

e, finalmente, como vem sendo tradição, o meu relógio da cozinha volta a estar certo.

quinta-feira, 26 de março de 2015

pressinto que...

vou ter de deixar de mandar cafeína para dentro durante un dias. só para ter a certeza que o facto de me sentir zonza não tem nada a ver.

isso ou tenho de ir visitar a minha médica.

terça-feira, 24 de março de 2015

as contas não se pagam com o ar

tenho um (futuro ex) cliente que acha que o orgulho paga as contas.

orgulho para trás e para a frente. ora, eu com orgulho não me governo, não pago a segurança social, nem o iva, nem a renda, nem a quem trabalha comigo.

e não ando de mercedes.



domingo, 22 de março de 2015

o sentido da vida

ontem, em tarde de passeio, recebi uma notícia que me fez regressar a casa mais cedo... 

de vez em quando lá vem um abanão lembrar que somos nada. que a vida é uma passagem. 

o melhor mesmo é aproveitar cada momento.