quinta-feira, 30 de abril de 2015

terça-feira, 28 de abril de 2015

humor negro. muito negro.

correndo o risco de ser mal interpretada, porque vocês não me conhecem verdadeiramente... aviso já que os meus amigos dizem que sou irónica, sarcástica...

com tanta notícia de homens que matam ex-mulheres...

é uma sorte nunca ter levado um tiro.

pronto, batam-me todos, que sou uma insensível. não sou. às vezes dá-me é para coisas parvas. muito parvas.

poderia dizer que...

... tem tudo para dar certo, mas também tem tudo para dar errado.

espera. a vida também é assim.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

a sério? é só uma série!!!

a propósito da morte do Derek.


desde sexta feira que sonho de olhos abertos

tendo em conta que na sexta feira fui informada que vou ser compensada por um atraso de uma viagem de avião, em travel voucher, ainda não parei de sonhar. 

e o booking sempre a ajudar à festa. 

ainda bem que as férias deste ano só estavam em brainstorming!

domingo, 26 de abril de 2015

nota mental

quando tens lentes de contacto, não deves esfregar os olhos como se não houvesse amanhã. corres o sério risco de ficar com uma lente na mão.

qualquer palavra mal escrita a culpa é da lente que caiu, que ainda por cima foi a do olho que vê pior. 

sexta-feira, 24 de abril de 2015

será o princípio do fim?

primeira coisa (exagero, claro) que dei conta hoje de manhã? no episódio de ontem de anatomia de grey mataram o Derek.

e não me batam porque está em todo o facebook. até na cnn já vi! 

segunda-feira, 20 de abril de 2015

para uma coisa serviu

o facto de um dos meus irmãos a a namorada terem passado uma fase menos boa, teve uma coisa positiva.

eu e ela ficámos muito mais amigas.

ficam assim eliminadas as probabilidades de fazer a vida negra às gajas dos meus irmãos. pelo menos com as actuais.*


* quem lê isto há mais tempo, poderá lembrar-se que já escrevi sobre isto e que prometi a mim mesma não lhes fazer o que um dia me fizeram. mas se merecerem... ;) 




sexta-feira, 17 de abril de 2015

das palhaçadas do facebook

ainda estou a rir à gargalhada... (isto é um link)

"jamais ficará calada se puder falar."

por agora, calo-me... e mais uma gargalhada!!

já vos aconteceu ficarem a pensar na vida?

na quarta feira, em menos de uma hora, fiquei a saber que:

foi diagnosticado um cancro ao pai de um colega meu
e
o pai de outro teve uma ataque qualquer que o deixou amnésico.

portanto, os filhos (os meus colegas) têm precisamente a minha idade. 

e depois fiquei a pensar nos meus pais... 


quinta-feira, 16 de abril de 2015

À espera

Numa sala de espera para fazer um exame de rotina...

No andar  de cima há obras. Marteladas desde que cheguei. 

Nas cadeiras em frente, dois  velhos conhecidos que já não se viam há muito tempo. Já falaram da família, do passado profissional, de viagens, de favas, de chícharos, de acupunctura... 

Eu? Eu continuo à espera da minha minha vez... 

terça-feira, 14 de abril de 2015

finalmente acertaram

chuva e trovoada!

era de aproveitar e ir lavar as varandas.

Já estou um bocado cansada...

De estar fechada num auditório, a ouvir coisas que só interessam a gente... Doida? 

Tem dias que me apetece mudar de vida. 

segunda-feira, 13 de abril de 2015

quarta-feira, 8 de abril de 2015

estou dividida

entre

separar faturas, juntar e preparar tudo para logo no dia 1 de maio submeter a declaração de IRS

ou

ver o último episódio disponível online de The Good Wife.

não sei que faça.

terça-feira, 7 de abril de 2015

mesmo sabendo, de cada vez que acontece fico baralhada

uma amiga tem uma amiga com o mesmo primeiro nome que eu. e o último.

e?

mural do facebook: agridoce xpto gosta da publicação da minha amiga.

agridoce (eu) pensa: hã??? como é que eu gosto disto se estou a ver agora? 

2 segundos depois... ahhhh! é a outra! parece que a outra também tem dias que fica baralhada!



segunda-feira, 6 de abril de 2015

a Linda Porca lixou-me...


vamos a isto, que não prometo ser fácil.

a cena consistem em (ctrl c, ctrl v; não tenho roupa na lixívia mas tenho de me despachar que não tarda quero ver CSI Cyber e ainda tenho umas cenas da escola para corrigir):

  1. Escrever 11 factos sobre nós próprios.
  2. Responder às perguntas que nos colocaram.
  3. Nomear 11 blogs com menos de 200 seguidores.
  4. Fazer 11 perguntas a esses blogs nomeados.
  5. Colocar a foto do Liebster Award no post e respectiva tag.
  6. Enviar o link do post a quem te nomeou.

Falta a imagem:




Que trabalheira... se calhar isto fica com bué de tipos de letra e tamanho, mas até é bom que quebra a monotonia, já que alguém se queixou que o tasco não tem fotos...

1 - ao contrário do que a Linda Porca parece andar convencida, eu não sou do norte; aliás, tudo quanto é abaixo do Douro, já é mouraria, incluindo eu. mas o meu norte, o meu ponto de equilíbrio está lá, a norte, acima do Douro. era gaja para ser feliz se vivesse no norte. não que aqui (algures entre o Vouga e o Nabão) não seja!.

2 - nunca levei pontos, mas em compensação já usei gesso 5 vezes. nem vale a pena contar que a última vez estava numa discoteca quando lixei, pela terceira vez, o tornozelo esquerdo... já lão vão... olha, faz 18 anos este mês!

3 - quando o agri-júnior 1 era pequeno, achei que era boa ideia agarrar num pimenteiro e salpicar a chupeta dele. na altura, o gajo já abria torneiras, mas não abria portas. fechei a porta da casa de banho para garantir que não ia à torneira do bidé. está bom de ver que levei umas palmadas.

4 - ainda não tinha um ano e a tendência para as quedas já cá estava. diz a agri-mãe que fui por umas escadas abaixo. zero arranhões, zero negras, agri sempre ok. o gesso começou mais tarde.

5 - em agosto passado, atirei-me de uma avioneta a 4200 m de altitude. agri gajo também lá estava. em setembro, em budapeste, fui gozada por estar a olhar para uma roda gigante e a dizer "não sei se me apanham lá!".

6 - quando andava no secundário, depois de ter sido apanhada a jogar à batalha naval, tive a lata de dizer "deixe-me só afundar o porta-aviões, que acabei de descobrir a posição dele." não, não fui parar ao olho da rua.

7 - já virei um fogão e fiquei fechada dentro do seu forno. não sei quantos anos tinha, mas também era muito pequena. agri ok, fogão com uma esmurradela.

8 - quando agri júnior 2 já percebia como era a vida (devia ter uns 3, 4 anos, ele) andei muito tempo a dizer-lhe que era adoptado. se reparasse bem, ele era louro e eu e o mano não. tadito, fartava-se de chorar. um dia, levei umas palmadas, claro. remédio santo.

9 - sou a irmã mais velha e tenho 6 e 8 anos de diferença para cada um deles. o que significa que ali no 8 já tinha mesmo idade para ter não andar com aquelas merdas para o meu irmão. não consigo imaginar a minha vida sem eles. mesmo sabendo, que do alto dos meus 5 quase 6 anos, cheguei a dizer "quando o mano nascer, vou deitá-lo no caixote do lixo!", síndrome de filha, neta e sobrinha única. mimada, pá.

10 - o meu segundo nome é isabel. ainda, hoje, quando a minha mãe diz agridoce isabel com aquele tom de voz, das duas uma: ou está para me chatear, ou vem lá merda.

11 - estou a ficar demasiado igual à minha mãe. fisicamente, somos mesmo muito parecidas e várias vezes me tiraram pela pinta. umas amigas minhas dizem que se quiserem saber como serei daqui a uns anos, basta olhar para ela. no sábado, assustamo-nos, verdadeiramente, as duas. sem nada combinado, as duas, em simultâneo, com o mesmo tom de voz dissemos ao meu pai "não sejas chato!". combinado não seria tão perfeito! 

Agora as perguntas da Linda Porca... lol.
1 - Como é que vieste aqui parar?
Estava sossegada a ler blogs, fui ao teu e vim dar nisto do desafio... era domingo de páscoa.

2 - Onde é que achas que isto vai dar?
não faço ideia, mas desconfio que vai dar asneira e confusão. e eu quero estar lá. agri confusão é um dos meus nomes.

3 - Diz-me como te relacionas com a bicharada.
sou a única pessoa a quem a gata da minha melhor amiga não bufa. não tenho. faz-me confusão ter animais presos num apartamento. porque em casa dos meus pais eles andam à vontade e cresci assim, com a bicharada solta. 

4 - Diz-me o que é que tens à cabeceira.
então... o candeeiro. nada de especial. tento ter pouca tralha, para ter mais espaço para o pó, não vá ser preciso escrever recados nos móveis.

5 - Qual foi o momento mais idiota da tua vida?
ainda está para vir!! ;) aquele em me senti mais idiota? Quando senti que não pertencia onde quer que fosse...

6 - Qual a tua técnica preferida para sair de cena?
Virar costas. Fala prái!!

7 - Quando precisas mesmo de ter tomates para enfrentar uma sit, o que é que fazes?
Se fiz asneira, começo logo a dizer "eu arco com as consequências". Tem corrido bem. De uma maneira geral, ando às voltas, respiro fundo um milhão de vezes e depois atiro-me à situação. entre mortos e feridos, hei-de escapar. entretanto, sou gaja é para já ter gritado com toda a gente à minha volta, ter chamado nomes à mãe de alguém, mas depois da fúria é ir à guerra e tentar não apanhar.

8 - Tens mesmo que desligar uma chamada de telemóvel, mas a outra pessoa, com quem não tens intimidade nenhuma, não se cala. Agora conta lá.
Estou aqui com um cliente, será que podemos falar depois? 

9 - Estás aflitinho/a para cagar em plena primeira vez com alguém. Agora desemerda-te.
Assim que não dá mesmo para aguentar? Então, tenho de arranjar uma desculpa qualquer para me fechar na casa de banho... 

10 - Vai um touro a correr atrás de ti escadas acima. O que é que fazes?
Depende! Entro no elevador? Começo a descê-las com esperança que ele tropece e caia? Mas que raio anda um touro a fazer atrás de mim?

11 - Conta-nos tudo, não nos escondas nada. A mim dá-me miminhos, mas graxa não, a menos que seja azul.
Foda-se, Linda Porca, que isto dá uma trabalheira... E ainda tenho o trabalho das cachopas para rever! Mas gosto assim mesmo muito de ti e escreves tão bem, tens posts tãoa comoventes! Tenho a certeza que és uma grande mulher.

E agora as minhas perguntas para os pobres desgraçados que irei escolher:

1 - Por que é que perdes tempo a ler o meu blog?
2 - O que precisas para ser feliz?
3 - Se ganhasses um dos Audi da factura da sorte, o que lhe fazias?
4 - Se o mundo estivesse para acabar, o que quererias fazer antes da explosão final? 
5 - Do que realmente tens medo?
6 - A tua vida é aquilo que imaginaste quando eras pequeno(a)?
7 - Sabes que um motel é um hotel com garagem? Sério, vi uma publicidade na Dica que dizia isso. Já foste a algum desses hotéis?!
8 - O que te corta o interesse num(a) homem/mulher?
9 - O que mudarias na tua vida?
10 - E se ganhasses o euromilhões?
11 - Tens alguma pergunta para me fazer?

E quem vai chamar-me nomes, quem vai? E quero lá saber que não tenham menos de 200 seguidores... As regras são para quebrar!











SOG (só para insistir com o gajo!)

Finalmente!! Acham que vi o CSI Cyber?!





eu não sou uma pessoa normal #1

ontem não publiquei fotografias no facebook com os meus afilhados.

e sabem porquê? porque ninguém teve a brilhante ideia de, até hoje, me convidar para madrinha das crias. facto que eu agradeço, do fundo do coração. o que só prova que vivo rodeada de pessoas com bom senso!

isso e porque se os tivesse, não publicaria fotografias dos filhos dos outros.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

e quando dizes "sim" tens de te lembrar...

que haverá lindas tardes de sol e calor, em que ficarás fechada em casa a corrigir trabalhos, cuja versão final é entregue de hoje a uma semana, para que as tuas alunas possam ir estagiar para Inglaterra e Espanha. 

no meu tempo não era nada assim...

quarta-feira, 1 de abril de 2015

ou é peta de 1 de abril ou...

agora que supostamente já se sabe que foi uma explosão numa pedreira em Sesimbra...

vocês, aí dos arredores, que apanharam um valente cagaço, estão todos bem? 

1 de abril de 2013

dois anos.

dois anos a viver sozinha, numa casa que não foi pensada com esse fim. dois anos sem que isso me incomode minimamente. 

dois anos a encher a casa de novas memórias.

balanço positivo, como seria de esperar.