segunda-feira, 4 de julho de 2016

eu e as contas

enquanto uns esperam pelo reembolso do irs que nunca mais chega, alguém esperava pela hora da verdade...

conclusão e moral da história: em casa de ferreiro nem sempre o espeto é de pau. as minhas contas estavam certas: irs zero, nem a pagar (mais do que já paguei), nem a reembolsar. contas feitas em dezembro de 2015, num momento em que ainda havia tempo para planear a coisa. 

e sim, este ano não há explicação para tanta demora nas validações e reembolsos.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Cenas que te passaram pela cabeça, quando leste as minhas cenas!!