segunda-feira, 28 de novembro de 2016

tenho uma dúvida existencial

(tenho mais, mas agora não interessa)

amigo com coração ainda destroçado, que confiou em mim e noutra amiga.

este fim de semana fomos informadas sobre uma situação que o deixará ainda mais destroçado... (ou não.)

primeira reação: estamos numa posição de merda, vai acabar por saber por outras pessoas e assobiamos para o lado.

depois de mais uma volta, mais uma viagem, mais uma pista a1 fora: a saber que saiba por nós, pessoas em quem confia, do que por putas, ordinárias de merda que só estão bem a fazer mal aos outros, com a mania que estão preocupadas.

a ganhar coragem para fazer um telefonema...

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

sei que ando a mil

achar que estava a dever 2 meses de condomínio e, afinal, até ter o mês de novembro já pago, não parece de quem anda bem da cabeça.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

não fosse a linha que separa o blog da minha vida...

nos próximos meses teria material de sobra para escrever por aqui.

mas... já agora... gostam tanto de mim, que nos próximos meses irei participar no programa Erasmus Plus. e, ainda melhor, vou com uma das pessoas com quem me dou melhor lá na escola.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

quase dois meses depois...

dei conta disso mesmo. passaram quase dois meses desde o último post.

ando por cá, leio os vossos blogs. fico com o coração apertado quando leio alguns posts, daqueles que são chapadas da vida... rio-me com outros, claro!

já dei por mim a pensar em fechar isto. mais uma vez, vou voltando. porque, na verdade, este blog já me trouxe amigos, já me deu a conhecer pessoas com quem me preocupo e que se preocupam comigo. pessoas a quem envio sms, com quem tenho longas conversas no messenger ou, mesmo, ao telefone.

pode não me apetecer escrever, mas estou (por) cá.